Sedentarismo na juventude aumenta risco de câncer colorretal

Pesquisadores de Harvard e da USP relacionam tumor no intestino à falta de exercícios durante a adolescência

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 30/05/2019

Se você teve uma adolescência ativa, temos uma boa notícia: você tem menos chances de desenvolver um câncer de intestino. Isso porque pesquisadores da Universidade de Harvard (Estados Unidos) e da Universidade de São Paulo (USP) descobriram que quem pratica atividades físicas durante a juventude tem menos riscos de adenoma colorretal (que pode evoluir para câncer).

PUBLICIDADE

Como foi feito o estudo

Foram analisadas mais de 28.300 mulheres, que responderam a um questionário sobre atividades físicas e fatores de risco quando adolescentes, em 1997 - e na época tinham de 12 a 22 anos. Entre 1998 e 2011, os mesmos indivíduos passaram por exames de colonoscopia para identificar ou não a presença de tumores do cólon do intestino, uma vez que são assintomáticos.

Resultados

Houve uma diminuição de 10% do risco de câncer colorretal em adultos após os 40 anos que praticaram atividade física quando jovens. A análise é considerada uma das pioneiras em relacionar exercícios na juventude com o desenvolvimento de tumores na fase adulta.