Excessos de final de ano colocam as comemorações e a saúde em risco

Exagerar na bebida alcoólica ou na ceia e dormir pouco prejudica o organismo

POR CAMILA MICHEL - ATUALIZADO EM 06/12/2016

Fartura de comidas e bebidas, horas e horas de divertimento, troca de presentes. As festas de final de ano são regadas de prazeres. O problema é que as comemorações chegam acompanhadas de muitos exageros. E, são eles, os vilões da saúde e do bem-estar. Passar dos limites com a quantidade de comida e de bebida, passar muitas horas sem dormir e até mesmo se descontrolar com as finanças tem seu preço. A seguir, confira quais são estes prejuízos e as dicas para afastá-los das festas.

Perigo: exagerar nos pratos de fim de ano

Com a ceia posta à mesa e as diversas opções de pratos de fim de ano saborosos é difícil não encher o prato bem além do que a sua fome manda. O problema é que esta atitude, além de prejudicar a dieta, pode te deixar indisposta para aproveitar a festa. "Comer em excesso em qualquer período do ano coloca o regime em risco. Nas festas, as preparações típicas são ricas em gorduras e açúcares e, por isso, levam ao maior consumo de calorias", explica a nutricionista do Minha Vida, Roberta Stella. "Entretanto, é importante curtir o momento e, no dia seguinte, retomar uma alimentação balanceada e com menor quantidade calórica para que volte a eliminar peso", diz.

Mas, aproveitar o fim de ano não significa comer muito de tudo, como explica a nutricionista. Que tal fazer um prato equilibrado com todos os grupos alimentares?. "Comer demais pode sobrecarregar o sistema digestivo causando má digestão, além de provocar desconfortos como refluxo e dores abdominais. O ideal é sempre comer em pequenas quantidades, sem se privar dos alimentos favoritos", explica Roberta.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.