Descuido com lentes de contato pode até provocar perda de visão

Cuidados na hora do manuseio e prazo de validade devem ser respeitados

POR LAURA TAVARES - ATUALIZADO EM 05/09/2016

As primeiras lentes de contato ninguém esquece. Os minutos gastos em frente ao espelho e o suspense até saber se elas estão no lugar certo fazem valer cada segundo de uma visão completamente nítida. Mas tão importante quanto aprender a colocá-las é saber o que fazer para que não prejudiquem a saúde ocular e durem pelo menos o que promete a validade.

Segundo a oftalmologista Tania Schaefer, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO), a durabilidade de uma lente varia de acordo com seu material. "Gelatinosas podem durar entre 15 dias e um ano e as rígidas chegam a durar até um ano e meio", aponta. Ela alerta, entretanto, que o descuido com a manutenção e conservação pode levar a processos alérgicos, infecções ou mesmo à perda da visão, pela contaminação de bactérias que lesionam as córneas. Confira dicas de como cuidar das lentes de contato.

Hora de dormir

Segundo a oftalmologista Keila, existem lentes gelatinosas bastante permeáveis que não atrapalham o fluxo de oxigênio, permitindo que a pessoa durma com elas sem grandes problemas. Mas, em geral, recomenda-se colocar as lentes no estojo antes de cair na cama para evitar irritações.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.