Tire 10 dúvidas sobre a rinite alérgica

Entenda os agentes desencadeantes e como evitar as crises

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 04/08/2016

Caracterizada principalmente pela irritação do nariz e dos olhos, a rinite alérgica é a capacidade da pessoa de tornar-se sensível a um determinado fator ambiental, ou seja, quando o corpo da pessoa passa a identificar certos agentes como nocivos ao corpo, mesmo que algum dia eles tenham sido tolerados. "E essa característica é herdada dos pais: a chance de uma criança cujos pais são alérgicos apresentar alguma manifestação é de 50%", afirma o otorrinolaringologista Diderot Parreira, do Hospital Santa Luzia de Brasília. Segundo dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ABAI), cerca de 10 a 25% da população sofre de rinite alérgica, que se manifesta, principalmente em épocas mais frias, com o tempo seco.

Toda rinite é alérgica?

Existem diversas formas de manifestação na doença. "A palavra rinite quer dizer apenas inflamação das narinas", explica o alergista José Carlos Perini, vice-presidente da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia. Segundo o especialista, as causas é que definem a rinite como alérgica - no caso, pessoas que possuem um fator desencadeante constante de uma crise possuem a rinite alérgica. "Outras formas são as rinites por infecções virais - como no resfriado e gripe -, por infecção bacteriana ou por ação de uso abusivo de medicações descongestionantes nasais."