Vacinas: tire oito dúvidas que surgem ao atualizar a carteirinha

Descubra se é possível tomar as vacinas atrasadas e quando repetir a dose

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 26/04/2016

A Semana Mundial da Vacinação (24/04 - 30/04) lembra os diversos cuidados que ajudam a manter nosso corpo longe de doenças. Além dos hábitos que devemos adotar no dia a dia, como beber bastante água, dormir bem, ter uma alimentação equilibrada e ficar atento às mudanças de temperatura, existe uma ação em especial que quase sempre esquecemos - manter as vacinas em dia. Segundo a pediatra Isabella Ballalai, presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, as vacinas são essenciais para deixar nosso organismo 100% blindado contra vírus e bactérias que ameaçam a nossa saúde. Está com as vacinas atrasadas? Perdeu a carteirinha e não sabe o que fazer? Tire essas e outras dúvidas com os especialistas e imunize-se!

Posso atualizar minha carteirinha de vacinação em qualquer idade?

Não só pode, como deve. Embora o ideal seja seguir o calendário de vacinação e se imunizar nas idades recomendadas, é importante tomar as vacinas que estão atrasadas. "Entretanto, essa regra só vale para vacinas que continuam sendo recomendadas na idade adulta, como tétano, coqueluche e difteria", alerta a pediatra Isabella. Até mesmo doenças clássicas da infância, como caxumba, sarampo e rubéola, continuam tendo recomendação da vacina para adultos e precisam ser tomadas. Entretanto, vacinas que você deveria ter tomado durante a infância somente, e que perdem a recomendação para adultos, pois o risco da doença não existe mais, não precisam ser tomadas. Um exemplo é o rotavírus, uma doença que é muito grave na infância e deve ser vacinada no período, mas que para os adultos não causa impacto além de cômodo, perdendo a necessidade da vacinação. "Por isso é importante seguir o calendário do nascimento à terceira idade respeitando as idades prioritárias."

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.