Diabetes e hipertensão: 10 cuidados para quem convive com as duas doenças

Dupla pede atenção redobrada com a dieta e uso de medicamentos

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 18/07/2016

Se você tem uma, é melhor ficar atento à outra. Apesar de serem doenças diferentes, a hipertensão e o diabetes frequentemente caminham lado a lado, pedindo mais cuidados durante o tratamento. De acordo com a pesquisa VIGITEL 2011, realizada pelo Ministério da Saúde, aproximadamente 22,7% da população brasileira é diagnosticada com hipertensão e 5,6% possui diabetes, entre os tipos 1 e 2. Estima-se que cerca de metade da população com diabetes também sofre de hipertensão, precisando de acompanhamento médico para as duas doenças. Você se encontra nesse grupo ou conhece alguém que se encaixa? Veja o que os especialistas dizem sobre diabetes com hipertensão conjunta e tire as duas dúvidas:

O risco de eu desenvolver alguma complicação aumenta?

Quando um paciente tem diabetes e hipertensão, ele deve redobrar os cuidados para evitar complicações dessas doenças que normalmente ocorrem de forma concomitante. "Tanto uma quanto a outra tendem a escolher os mesmos órgãos para causar problemas: rins, coração e olhos", lembra o endocrinologista Sérgio. O risco de complicações, como glaucoma e pé diabético, aumenta na medida em que o paciente não faz o controle do adequado da pressão arterial e da glicose sanguínea. "Quem desenvolve esse tipo de complicação habitualmente têm péssima adesão ao tratamento, tanto não medicamentoso, quanto o medicamentoso", alerta o cardiologista Heno. Dessa forma, é de extrema importância a mudança de hábitos e uso de remédios quando necessário, bem como notificar o médico o surgimento de qualquer sintoma suspeito.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.