Câncer de pele: sete sinais que justificam uma consulta com o dermatologista

Análise de pintas e manchas na pele pode antecipar o diagnóstico da doença

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 29/08/2016

O câncer de pele do tipo não melanoma é o mais incidente no Brasil, correspondendo a 25% de todos os tumores malignos registrados no país, segundo o Instituto Nacional do Câncer. A maneira mais simples de prevenir o câncer de pele ou identificá-lo em um estágio inicial é visitando o dermatologista. Pequenos sinais ou condições da nossa pele podem denunciar o momento de visitar o profissional. A seguir, listamos essas pistas para que você cuide da pele e afasta de vez o câncer:

Pintas que se concentram em uma área

Pessoas que têm uma alta concentração de pintas de determinadas partes do corpo, principalmente áreas de maior exposição solar, como os ombros, devem considerar avaliação médica. ?O acompanhamento se faz necessário devido a maior possibilidade de transformação maligna?, explica a dermatologista Raiana.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.