Alguns sinais durante o sexo podem indicar problemas para a saúde feminina

Dor, ardência e coceira vaginal estão entre os desconfortos mais comuns

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 09/11/2016

Para algumas mulheres, a máxima "sexo é sinônimo de prazer" pode não valer completamente. Isso porque existem algumas condições e desconfortos relacionados ao ato sexual que não só impedem um pleno aproveitamento, como também indicam problemas mais sérios. Por ser um órgão interno, a vagina está mais suscetível a infecções e doenças que não são perceptíveis em um primeiro momento. Além disso, problemas na lubrificação e até mesmo a dor de cabeça podem pegar a mulher de surpresa, transformando a prática sexual em motivo de preocupação. Reconheça os sinais que indicam problemas durante o sexo e saiba quando procurar um especialista:

SAIBA MAIS

Falta de elasticidade vaginal

A atrofia vaginal é comum na menopausa, mas não é decorrente apenas deste período na vida da mulher. "As características são a perda de espessura, elasticidade e umidade na vagina", explica a ginecologista Paula. Esse quadro pode provocar infecções, dores, irritações e sangramentos durante a relação sexual. Pode acontecer também a flacidez dessa musculatura, recorrente em mulheres que já tiveram muitos filhos. "Como a musculatura foi muito solicitada por partos anteriores, isso pode levar a uma sensação de um canal vaginal mais largo e eventualmente a problemas como bexiga caída", diz o ginecologista Fábio. Normalmente, o desconforto só é percebido durante o ato sexual e a mulher deve procurar o médico ginecologista de confiança, para o tratamento adequado. "Existem técnicas que envolvem a combinação de medicamentos com exercícios para fortalecer a musculatura do períneo", lembra Fábio.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.