Sete hábitos que ajudam a conviver melhor com gastrite

Forma de cozinhar, os temperos e como se lida com o estresse podem aliviar os sintomas

POR JÉSSIE PANEGASSI - PUBLICADO EM 11/11/2015

"Aquela dor no estômago que não passa, que comendo ou não aparece e acaba com o dia." Esta descrição é bastante comum para quem sofre de gastrite - que é uma inflamação, infecção ou erosão do revestimento do estômago. A comida, a bebida, os temperos, o trabalho e até os pensamentos podem piorar ou melhorar os sintomas da gastrite. Confira sete dicas para passar pelas crises de gastrite e evitá-las:

Pratique exercícios para aliviar o estresse

O estresse é um importante fator desencadeante da gastrite. Contudo, 30 minutos de exercícios três vezes por semana já são suficientes para verificar os benefícios na redução do estresse. "Segundo estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Maryland, o exercício moderado ajuda as pessoas a lidar com a ansiedade e estresse por um longo período de tempo pós-treino, ajudando a amortecer os efeitos da exposição emocional. Ou seja, se você se exercita, não irá somente reduzir a ansiedade, mas terá mais condições de controlá-la quando confrontado com eventos que causam estresse", explica o psiquiatra Pérsio Gomes de Deus. De acordo com o especialista, os exercícios aeróbicos são os melhores para se espantar a tensão, mas é muito importante ter uma avaliação médica das condições cardiopulmonares e osteomusculares antes de começar as atividades.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.