Desmontando preconceitos: saúde masculina

O tema vai além de próstata e disfunção erétil

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 26/10/2009

Quando se fala em problemas de saúde masculina, normalmente, restringimos o tema aos problemas de próstata ou disfunção erétil. Enquanto os assuntos ligados à mulher ganham cada vez mais espaços de discussão, os homens continuam sofrendo calados, muitas vezes sem nem saber onde buscar informações.

Hoje, há grande liberdade para se discutir as questões ligadas à saúde sexual. Depois de terem se firmado no mercado de trabalho, as mulheres perseguiram seus direitos e hoje falam com muito mais liberdade sobre tudo, inclusive a saúde sexual. As mulheres hoje realmente buscam o prazer, estão mais abertas a discutir o tema e, com isso, certamente conseguiram avançar na sua satisfação pessoal.

Muito se fala em saúde da mulher, mas não se pode esquecer a saúde sexual do homem também. Enquanto, cada vez mais, as mulheres descobrem que têm direito ao prazer, mais e mais homens sentem-se cobrados e encontram dificuldades em fornecer este prazer. Pouco se fala dos problemas masculinos, até porque em nossa sociedade, muitos homens são criados para sufocarem suas dificuldades, seus sentimentos. É preciso modificar esse quadro. Homens e mulheres têm direito ao prazer.

PUBLICIDADE

Há anos trabalho na área de saúde masculina, focado em tratamento peniano, e meu conselho para os homens é: não sofram sozinhos. O que parece ser um grande problema, na verdade, pode ser resolvido com um único passo ? tomar coragem de buscar ajuda e orientação.

As mulheres têm inúmeras oportunidades de se expressar com relação à insatisfação com o próprio corpo e outros problemas do gênero ? e as possíveis soluções são amplamente discutidas. É preciso abrir este mesmo espaço aos homens. Há uma imensa legião de homens insatisfeitos com o próprio corpo, extremamente infelizes com seu desempenho sexual. Tais situações não dizem respeito apenas à vida sexual, mas também à vida social e até mesmo à saúde psicológica.

Mas, felizmente, há saídas. Os avanços, seja na medicina, ou na área de estética, podem fazer muito por estes homens. Disfunção erétil, impotência, ejaculação precoce têm cura. Um médico especializado será capaz de avaliar as causas e propor as soluções mais adequadas. Hoje em dia até mesmo o aumento peniano pode virar realidade, através de uma técnica estética não-cirúrgica, bastante simples e rápida, conhecida como bioplastia.

Em nossa experiência, vemos que o mais difícil não é detectar causas ou buscar soluções para os problemas. As grandes barreiras para os homens chamam-se vergonha e falta de informação.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.