A importância de perder a barriga

Excesso de gordura abdominal é fator de risco para problemas no coração

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 17/11/2009

Muitas pessoas apresentam pequeno excesso de peso concentrado na barriga. Muitas clientes minhas, mulheres, referem que "meu marido não é gordo; ele tem só uma barriguinha". Mais do que isso, essa barriguinha recebe apelidos carinhosos "barriga da felicidade", "da cerveja" e outros, escondendo o perigo que se encontra dentro dela.

Isso mesmo, se o seu "pequeno excesso de peso" encontra-se no abdômen, cuidado. O excesso de gordura abdominal é um forte fator de risco para enfartes do coração, derrames e diabetes. É mais importante prestar atenção na medida da circunferência da cintura do que no peso em quilos do paciente. O risco já começa a se elevar com uma cintura de 80 cm para as mulheres e de 90 cm para os homens. Medidas acima de 90 cm para as mulheres e acima de 100 cm para os homens fazem com que o risco entre na zona de "perigo".

PUBLICIDADE

Mas não há soluções milagrosas. Não perca seu tempo com injeções de enzimas (e sabe-se lá do que mais!), nem com lipoaspiração. A aspiração não remove a gordura de dentro da barriga, nem da parede dos vasos, nem dos órgãos internos - e essa é que é a mais perigosa. Para reduzir a barriga, coma menos, evite alimentos gordurosos e com açúcar. Abuse das frutas, vegetais, grãos integrais.

Exercite-se mais no seu dia-a-dia. Suba escadas, caminhe até a padaria, acorde uma hora mais cedo e caminhe. Pense que você ganha de volta em vida o tempo que "gasta" com exercício.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.