Aprenda a prevenir o câncer de boca

Tabagismo e álcool aumentam as chances de desenvolver essa doença

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 12/04/2012

O câncer bucal é uma doença grave que pode levar à morte se não for diagnosticada e tratada em seu estado inicial. Apesar das campanhas esclarecedoras sobre o câncer na cavidade bucal, ainda não foi observada uma redução nos índices de sequelas ou mortalidades causadas por essa doença nos últimos 20 anos.

A incidência de câncer bucal entre os homens é o dobro que a das mulheres, predomina nos indivíduos idosos. A presença de hábitos como o tabagismo, o alcoolismo e a alta exposição aos raios do sol aumenta a prevalência da doença.

Entre 60 e 80% das lesões são reconhecidas no estágio avançado, por isso o auto-exame e as visitas periódicas ao dentista são muito importantes. É cada vez mais necessária uma grande mobilização de todos os cirurgiões dentistas para uma campanha de educação a respeito do câncer bucal, no sentido de desenvolver uma atitude mais positiva com relação a este assunto.

PUBLICIDADE

O paciente deve realizar um auto-exame pelo menos duas vezes ao ano, em um local bem iluminado e diante do espelho bem próximo do rosto. O primeiro passo é remover as próteses (dentaduras ou próteses parciais removíveis), fazer uma boa higienização, escovar dentes, língua e a parte interna das bochechas. Em seguida, observar a pele de rosto e pescoço, avaliando a presença de manchas ou pintas atípicas na região.

No caso dos lábios, o paciente deve verifica se há ulcerações com bordas endurecidas, feridas ou áreas dormentes. Qualquer ulceração deve ter um prazo de cerca de quinze dias para cicatrizar. Na parte inferior da boca e das bochechas podem surgir manchas esbranquiçadas, caroços, áreas dormentes, presença de úlceras ou manchas arroxeadas. Na língua e gengiva, é necessário observar a coloração, presença de aftas, ulcerações, aparecimento de caroços, áreas dormentes ou dolorosas.

Diante de qualquer um desses sintomas, o paciente deve procurar o seu dentista o mais rápido possível, já que como todo tipo de câncer, o câncer bucal se diagnosticado a tempo, tem melhores chances de tratamento e cura.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.