Lubrificante à base de água favorece prazer sexual feminino

Ao contrário do que muitas pensam, seu uso não tem contra indicações

ARTIGO DE ESPECIALISTA - ATUALIZADO EM 26/07/2016

Dra. Bárbara Murayama
Ginecologia e Obstetrícia - CRM 112527/SP
especialista minha vida

Um novo estudo realizado na Universidade de Indiana descobriu que mulheres que usaram lubrificante à base de água durante a relação sexual apresentaram níveis significativamente mais altos de satisfação e prazer.

O estudo, envolvendo 2.453 mulheres e publicado na edição de novembro de 2010 da revista Journal of Sexual Medicine, é a maior pesquisa sistemática desse tipo já feita.

De acordo com o estudo, o uso dos lubrificantes foi associado a índices mais elevados de prazer e satisfação sexual e a baixas taxas de sintomas genitais - houve menos relatos de dores nas relações quando se utilizava um lubrificante à base de água.

PUBLICIDADE
Os ginecologistas recomendam o uso de lubrificantes como uma ferramenta para um sexo mais seguro e prazeroso.

Os ginecologistas recomendam, já há algum tempo, o uso de lubrificantes como uma ferramenta para um sexo mais seguro e prazeroso, sempre acompanhado do preservativo.

Muitas pessoas ainda acreditam que os lubrificantes devem ser usados apenas para práticas não convencionais de sexo ou que o uso de lubrificantes pode favorecer corrimentos ou a transmissão de doenças, o que não é verdade.

Os resultados desse estudo ajudam os ginecologistas a reforçar aos pacientes sexualmente ativos que os lubrificantes não são apenas importantes para o sexo seguro: eles contribuem, também, para a qualidade global das suas experiências sexuais.

A seguir, alguns detalhes do estudo:

- Mais de 70% das mulheres que usaram lubrificante durante o sexo vaginal ou anal disseram que isso tornou a prática mais prazerosa. E mais de 60% das mulheres indicaram que este era o caso também durante a masturbação.

- Mais de um terço das mulheres afirmaram que usar lubrificante no sexo vaginal, anal ou na masturbação foi divertido.

  • As classificações de prazer e satisfação sexual foram significativamente maiores quando o lubrificante à base de água foi usado durante a relação anal em relação ao sexo sem lubrificante.
  • O risco de reações alérgicas é baixo, já que os lubrificantes são à base de água e não provocam alteração significativa na flora vaginal normal.
  • Os lubrificantes à base de água podem ser usados durante as preliminares ou brincadeiras sexuais com o parceiro e incorporados à rotina sexual de cada casal.
Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.