Vacina protege contra hepatite e câncer de fígado

Ela quase não tem complicações e vale por, pelo menos, dez anos

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 19/07/2007

Matérias
A vacina contra a hepatite B tem um duplo efeito, protegendo ao mesmo tempo contra o câncer de fígado. Explica-se: como os portadores da doença crônica têm uma chance muito maior de desenvolver esse tumor, a vacina mataria dois coelhos de uma cajadada só. É por isso que a vacinação de toda a população já foi adotada em mais de 80 países. Ela é altamente eficaz e quase não tem complicações, apenas uma reação local. Feita com pedaços do vírus, ela consegue fazer soar o alarme do organismo para produzir anticorpos contra a doença sem, no entanto, causar o mal. Assim, caso você entre em contato para valer com o vírus, seu corpo já estará apto a reconhecê-lo e destruí-lo. A imunidade costuma durar pelo menos dez anos, mas o efeito pode se estender por toda a vida.

No Brasil, atualmente ela está disponível na rede pública para crianças e adolescentes até 18 anos. Mas os adultos, principalmente os trabalhadores da área da saúde e pessoas expostas ao risco como usuários de drogas injetáveis, também são aconselhados a se vacinarem.

PUBLICIDADE
Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.