Remédios caseiros para dor de garganta: entenda o que funciona

Medidas aliviam os sintomas e devem ser aliadas a medicamentos

POR NATHAN CÂNDIDO - ATUALIZADO EM 30/05/2018

Garganta inflamada é um problema corriqueiro, mas que gera muito incômodo. A dor de garganta é um dos sintomas mais comuns e pode ocorrer em adultos ou crianças. Quando a pessoa surge com a garganta inflamada, o que não faltam são dicas de remédios caseiros que podem melhorar o problema mais rápido.

PUBLICIDADE

É importante ressaltar a diferença entre a garganta inflamada causada por infecções virais ou bacterianas. Isso porque os remédios caseiros são indicados apenas em casos de infecções virais na proposta de aliviar e tratar os sintomas apresentados. Para saber diferenciar e entender as suas peculiaridades, confira o nosso conteúdo completo sobre dor de garganta.

No caso da doença viral, é importante não usar antibióticos para tratá-las - pois eles eliminam apenas as bactérias, e não os vírus. Alguns tratamentos naturais são utilizados para a dor de garganta. Por isso, separamos alguns remédios caseiros que podem te ajudar a aliviar e tratar os sintomas:

Gargarejos com água morna e sal

A água morna pode ajudar a reduzir os sintomas de dor da garganta inflamada, o que já é um ponto positivo para o gargarejo. "Quando feito com sal e vinagre, o gargarejo traz uma alteração no pH, que pode favorecer o quadro", explica Gorinchteyn. "Este tratamento, no entanto, não deve ser feito sozinho, pois não agirá tão rápido quanto os medicamentos alopáticos, podendo levar a piora do quadro, dependendo da causa", finaliza o especialista.

Ingredientes

120 ml de água morna
1 pitada de sal

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Modo de Preparo

Misture os ingredientes num copo e faça gargarejo várias vezes ao dia.

Mel quente com limão

O mel possui ação microbiana, então ele realmente ajuda a aliviar a dor. Mas essa ação é só momentânea, não curando a garganta inflamada em si.

Dessa forma, seu uso deve ser considerado com cautela, já que como nos lembra Gorinchteyn, ele nunca reduzirá a inflamação como um medicamento alopático.

Já o limão, é um anti-inflamatório natural e por possuir vitamina C, fortalece o sistema imunológico e pode combater o sintoma de cansaço e fadiga.

Você pode aproveitar as propriedades do mel e limão para reduzir os sintomas da garganta inflamada, mas não deixe de tomar a medicação indicada por seu médico.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Ingredientes

1 colher (de chá) de mel
1/2 xícara de água quente
1 fatia de limão

Modo de Preparo

Coloque a colher com o mel numa xícara, em seguida, despeje a água quente, certificando-se de que o mel saia todo da colher. Esprema o limão e adicione na xícara. Mexa bem e coloque no micro-ondas por cerca de um minuto.

Própolis

É um dos itens mais indicados quando o problema é garganta inflamada. Mas apesar de ser um aliado da melhora dos sintomas, principalmente a dor na garganta, ele não trata o problema sozinho. "Existem alimentos que até conseguem reduzir a inflamação, mas nunca de forma tão rápida e eficaz quanto os medicamentos alopáticos", alerta Jean Gorinchteyn, especialista do Hospital São Camilo, em São Paulo.

Além disso, se você está tomando medicamentos e consegue uma melhora dos sintomas com o própolis, isso não significa que o problema está resolvido. Inclusive, considerar isso é parar de tomar a medicação pode piorar o quadro.

O própolis pode vir em diversas apresentações e concentrações: extrato, tintura e pó. Ele pode ser encontrado na forma de spray bucal, pastilhas, balas, suspensão, xaropes, cápsulas e em gotas. O própolis também pode ser manipulado na forma de cremes, pomadas e loções, além de ser adicionado a diversos produtos cosméticos. De forma geral a indicação para manter a imunidade em dia é de 30 a 40 gotas dissolvidas em um pouco de água ou mel. Para outras indicações é importante ouvir a recomendação médica. Ele pode ser tomado por todas as pessoas, sem exagerar na dose. A única contraindicação é alergia ao produto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Gengibre

O gengibre é um alimento muito citado, por ser um potente anti-inflamatório. Só que mais uma vez, sua eficácia só é garantida contra os sintomas, não há nada que comprove que ele trata o problema. "A bala de gengibre, inclusive, estimula a salivação, lubrificando as cordas vocais e melhorando a condição do local onde a agressão está ocorrendo", diz a infectologista Valéria Paes, do laboratório Pasteur, em São Paulo.

O gengibre pode ser consumido cru, em conserva, como chá de gengibre ou como óleo. Ele ainda é usado em alimentos e bebidas como agente aromatizante.

  • Chás: a infusão de pedaços frescos de gengibre é utilizada no tratamento de gripes, tosses e resfriados. Além de ser um relaxante eficaz, hidrata o corpo e ajuda a eliminar as toxinas, podendo ajudar também no emagrecimento, devido à sua ação termogênica. O preparo consiste em deixar raízes, cascas ou talos de molho por cerca de 30 minutos e, após esse período, acrescentar água e levar o gengibre ao fogo por mais de 30 minutos
  • Na panela: o gengibre pode ser utilizado no preparo de pratos doces e salgados da culinária. Pode ser encontrado desidratado, fresco, em conserva ou cristalizado. Cuide para não substituir uma forma pela outra nas receitas, pois seus sabores são distintos
  • Sucos: tem ação anti-inflamatória, favorecendo a eliminação de toxinas do organismo. O suco gera mais disposição para o corpo. Para ficar mais saboroso, bata no liquidificador com abacaxi, hortelã ou raspas da casca do limão
  • Pedaços: mastigar as lascas de gengibre, assim como chupar a bala, ajuda a aliviar a rouquidão e irritações na garganta, mas é preciso atenção, pois, elas somente mascaram a dor. O gengibre irá aliviar os sintomas até que o corpo se encarregue de curar a doença ou que seja necessária alguma conduta clínica.

Chás

O chá é um remédio caseiro eficaz na redução dos sintomas de garganta inflamada. Isso se deve primeiro à presença da água, importantíssima para o tratamento do problema, segundo pela temperatura mais morna. "Algumas pessoas obtêm alívio sintomático com alimentos quentes", explica o infectologista Julival Ribeiro, consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

Algumas opções são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Balas

As balas, principalmente de menta e hortelã, também são recursos muito usados para disfarçar os sintomas da garganta inflamada.

No entanto, usar pastilhas com anti-inflamatórios pode ser muito mais eficaz, como nos lembra Ribeiro. Mais uma vez, o ideal é investigar a causa desta inflamação antes de tentar cuidar delas em casa.

E o recado continua o mesmo: o alívio dos sintomas não significa melhora da causa do problema, que precisa ser investigada. Uma amigdalite ou faringite de origem bacteriana pode levar a sérias complicações, por isso o correto é buscar um serviço de saúde.

Suco de laranja

O suco de laranja é um clássico repositor diário de vitamina C, assim como acerola e outras frutas cítricas. A vitamina C ajuda na recomposição da imunidade de forma geral, mas é importante não abusar para evitar problemas de gastrite e refluxo. Além disso, a laranja também é fonte de potássio, magnésio e betacaroteno, nutrientes com ações antioxidantes que ajuda na prevenção de outras doenças.

Medicamentos indicados para dor de garganta

Uma dor de garganta pode ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Os medicamentos mais comuns no tratamento de dor de garganta são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Quando procurar ajuda médica

O médico deve ser procurado quando a dor de garganta apresenta sintomas incômodos, como pus e dificuldade em engolir, tomar água ou mesmo deglutir a própria saliva. "Sintomas como febre e mal-estar também justificam buscar um médico", frisa o infectologista Jean.

Como evitar a dor de garganta?

De acordo com o otorrinolaringologista Eduardo Amaro Bogaz, é possível evitar a dor de garganta com medidas gerais e hábitos saudáveis, como:

  • Alimentar-se de forma balanceada e sem dietas muito restritivas, consumindo bastante frutas, legumes e verduras
  • Não fumar
  • Não beber
  • Dormir bem pelo menos oito horas diárias com regularidade
  • Evitar estresse
  • Praticar atividade física regularmente.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.