5 produtos de limpeza que nunca devem ser misturados

Alguns itens utilizados na faxina podem causar queimaduras e intoxicação, se usados indevidamente

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 27/04/2017

No seu período escolar, você provavelmente deve ter tido aquela aula de química em que a professora explicou que algumas substâncias não podiam ser misturadas, podendo causar explosões e reações corrosivas. Na vida doméstica, essa recomendação também é válida, principalmente, com produtos de limpeza.

PUBLICIDADE

"É muito comum as pessoas acharem que misturar produtos de limpeza é uma prática segura e eficiente. Mas é exatamente o contrário, pois, dependendo da mistura pode-se criar compostos químicos muito perigosos, capazes de causar queimaduras e intoxicação respiratória", afirma a professora doutora de química, Márcia Guekezian, coordenadora do curso de química da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

A seguir ela explica quais produtos não podem ser combinados:

Água sanitária e desinfetante

A água sanitária é um composto químico que tem como princípio ativo o hipoclorito de sódio. O produto tem propriedades germicidas. Isso quer dizer que ele é usado para esterilização e limpeza de banheiros e cozinha. Além disso, pode ser usada também como alvejante, ajudando na limpeza de roupas brancas.

Quando usada de forma isolada e cuidadosa, a água sanitária é bem útil. Mas quando combinada com desinfetantes, produtos na maioria das vezes ricos em amônia, pode haver a formação de cloraminas. Márcia explica que cloraminas são compostos que quando inalados pelo corpo podem causar sérios problemas de saúde, como intoxicação, queimaduras e alergias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Água sanitária e detergente

O detergente é um tipo de produto que tem como finalidade a limpeza e conservação de superfícies. É muito comum passar a água sanitária para higienizar a pia e depois jogar o detergente. Esse tipo de combinação também é muito perigosa. De acordo com Márcia, o ideal é passar a água sanitária, em seguida limpar bem a superfície com água e depois passar o detergente.

Água sanitária com limpadores de privada

Outra situação comum é limpar o vaso com água sanitária e depois jogar um produto com aroma para dar um cheiro melhor. "Esse tipo de combinação pode causar reações fortes, em alguns casos, sai até vapor", alerta Márcia. Se for usar os dois produtos na privada é importante passar a água sanitária, depois lavar com água e depois usar o limpador de privada.

Água sanitária e álcool

O álcool é uma substância extremamente inflamável. Quando misturado à água oxigenada pode causar reações químicas graves e intoxicar quem estiver perto. Além disso, é importante ressaltar que o uso do álcool para fazer limpeza não é a melhor opção. Isso porque devido a sua composição ele pode danificar alguns materiais, como fórmica, acrílico e aparelhos eletrônicos.

O que usar para fazer faxina?

Não tem necessidade de parar de usar nenhum produto de limpeza, mas é preciso evitar combinações que possam ser perigosas. Marcia orienta a sempre ler o rótulo dos produtos antes de usar, checar a validade e a forma correta de aplicação.

Além disso, é mais seguro deixar portas e janelas abertas no momento de fazer faxina. Isso vale independentemente de qual produto esteja sendo usado, pois itens de limpeza contam com diferentes substâncias em sua composição e, ainda que sejam seguro para uso, não devem ser inalados ou terem contato com a pele ou mucosas corporais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.