Trombose hemorroidária: causas, sintomas e tratamentos

Para se evitar recidivas e promover cura, a cirurgia de hemorroidectomia convencional é a melhor opção

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 14/06/2017

Dr. João Ricardo Duda
Coloproctologia - CRM 22961/PR
especialista minha vida

Trombose hemorroidária é um evento muito comum, que ocorre predominantemente nas hemorroidas externas, caracterizada pela formação aguda de trombos (coágulos) nos vasos hemorroidários e que implica no desenvolvimento de um nódulo com edema e de coloração arroxeada na margem anal. É frequentemente acompanhada de dor severa.

PUBLICIDADE

Causas da trombose hemorroidária

O principal fator predisponente à trombose é o fato de possuir hemorroidas externas. O que pode favorecer o evento da trombose em si são:

  • Constipação intestinal
  • Longos períodos sentado no vaso sanitário
  • Gestação
  • Parto vaginal
  • Sexo anal
  • Má higiene anal
  • Ingestão exagerada de alimentos picantes e bebidas alcoólicas, bem como esforço físico exagerado do tipo isotônico.

Sintomas da trombose hemorroidária

Dor e inchaço na região anal, que surgem de forma aguda. A dor costuma ser intensa, e durar até 5 dias. Porém, alguns pacientes não apresentam dor. Pode haver sangramento devido a uma erosão na ano-derma, por onde se exteriorizam os coágulos. Há quadros graves com estrangulamento e necrose dos vasos hemorroidários.

Tratamentos

O tratamento conservador consiste em evitar a constipação aumentando a ingestão de líquidos e fibras na dieta, medicação anti-inflamatória para dor, como ibuprofeno, naproxeno, entre outros. Banhos de assento também podem ser úteis para o conforto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Os flebotônicos, como a troxerrutina-cumarina , a diosmina-hisperidina e o dobesilato de cálcio, são medicamentos que apresenta bons resultados. Para uso tópico, o policresuleno com cinchocaína é uma ótima opção. A dor local e o inchaço devem começar a diminuir após alguns dias, mas pode demorar 2-3 semanas para que o nódulo desapareça completamente, ou até mais.

Alguns profissionais fazem uma incisão com remoção do trombo sob anestesia local quando nos primeiros 2 dias do evento trombótico. Tem a vantagem de aliviar a dor, mas não garante a cura da doença hemorroidária em si.

Para se evitar recidivas e promover cura, a cirurgia de hemorroidectomia convencional é a melhor opção, e costuma ser indicada após a segunda "crise", uma vez que denota uma maior chance de recidivas. Porém, cada caso deve ser avaliado individualmente.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.