Homeopatia para gripes e resfriados

Entenda como funciona o tratamento e qual equivalente homeopático para vacina

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 15/09/2017

Dra. Isis Dulce Pezzuol
Pediatria - CRM 39546/SP
especialista minha vida

Gripes e resfriados são doenças distintas , facilmente confundíveis entre si, tendo de início sintomas semelhantes.

PUBLICIDADE

A gripe é uma doença que afeta o corpo de forma sistêmica, isto é, "da cabeça aos pés". Logo após o contágio temos sintomas vagos, como corpo pesado, calafrios, febre moderada e uma irresistível vontade de ficar na cama. A intensidade dos sintomas varia muito de indivíduo para indivíduo e com a idade - um adulto com 38°C de febre, por exemplo, estará na cama, enquanto uma criança você só identificará a mesma febre pelas bochechas rosadas ou encostando em sua pele.

A maioria dos sintomas iniciais é muito vaga pertencendo, a um grupo de ?viroses? muito extenso, incluindo a dengue. O que difere é como eles evoluem ao longo dos dias. Por isso que na procura ao serviço de pronto atendimento, o médico pede para aguardar 72 horas acompanhando a evolução, atitude sábia.

O que mais chama a atenção e assusta, principalmente as mães, é a febre - que é um sintoma e não uma doença. A elevação da temperatura acima de valores normais costuma vir acompanhada por uma síndrome clínica característica, que representa mecanismo de defesa a ser respeitado. Revela um sistema imune íntegro. Pesquisas recentes mostram que durante o pico febril é onde o corpo produz anticorpos e elementos de defesa.

No surgimento de um quadro agudo a pronta escolha de um medicamento homeopático é importante para acelerar o processo de cura, que é semelhante à evolução da doença mas muito mais rápido.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Você pode se perguntar: "mas homeopatia não é aquele tratamento que é bom mas demora?", bom isso depende. Quadros agudos como uma gripe tem de sarar rápido, ao passo que o tratamento de um asmático com crises pode demorar mais. A rapidez do tratamento homeopático depende de vitalidade e intensidade do desequilíbrio, mas resolve de uma forma linda.

Para a prescrição do melhor homeopático devemos considerar a causalidade (golpe de ar frio seco, mudança de temperatura), sintomas mentais (agitação, extrema sonolência, delírio), como se instala o quadro febril (rápido, insidioso, febre mediana), sintomas que acompanham (calafrio, cefaléia, dor no globo ocular, tosse seca ou produtiva) e presença de secreção nasal (clara, escura, espessa, com odor)

Dessa forma, a gripe é tratada de forma individualizada para cada paciente. Vocês já repararam que cada um tem a gripe com alguns sintomas semelhantes mas outros diferentes. Nessas diferenças está a ação do homeopata - medicar a doença conforme cada indivíduo a manifesta. Tive na faculdade um professor muito especial que dizia que ?as pessoas adoecem como podem adoecer e não como gostariam de adoecer?

A outra forma de uso homeopático nas gripes é lançar mão da orientação de Hahnemann sobre como conduzir epidemias: atendemos vários pacientes com quadro clínico semelhante e escolhemos um ou mais medicamentos que cubram a totalidade sintomática. Percebemos isso de forma clara quando a cada ano as gripes que chegam a nosso consultório tem sintomas diferentes. Este ano, por exemplo, tosse quase infinita, sufocante, acompanhada de rinofaringite. O ano passado tinha diarréia, enfim, manifestações diferenciadas a cada epidemia.

Existe vacina homeopática?

Na concepção clássica de uma vacina não. Existe a disposição um produto de nome Influenzinum, preparado a partir da vacina da gripe, mas dinamizada como orienta o método homeopático. Este medicamento ?despertaria? mecanismos de defesa do indivíduo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Assim como a vacina da gripe não protege contra todos os vírus que produzem a doença, o homeopático também não. A vacina e também o Influenzinum H1N1 protegem contra cepas mais frequentes no inverno.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.