Verrugas: conheça as partes do corpo onde elas mais ocorrem

Mãos, joelhos, cotovelos, sola dos pés e até mesmo embaixo das unhas são alguns dos lugares onde as verrugas podem se desenvolver

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 17/10/2017

Verruga - Foto: Getty Images
Verrugas podem se espalhar pelo próprio corpo e também contaminar outras pessoas

É comum chamarmos qualquer tipo de lesão mais elevada ou sinal na pele de verruga, mas é preciso ficar atento para diferenciar corretamente cada caso, já que, apesar de geralmente inofensivas, as verrugas são consideradas uma doença.

PUBLICIDADE

"As pessoas costumam confundir alguns tipos de lesões elevadas ou sinais com verrugas e eles nem sempre o são. Por isso, é necessário consultar um dermatologista para saber se o problema é verruga mesmo. Um sinal pode ser apenas um sinal genético, já que nem todos os sinais nascem conosco. Durante a vida, eles vão aparecendo e podem ser genéticos. As verrugas não. Elas são apenas as elevações causadas por vírus. Também existem outras doenças, como a ceratose seborreica, que podem aparentar ser uma verruga e não são", explica o dermatologista Márcio Soares Serra, coordenador do departamento de DST & AIDS da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Causadas pelo Papiloma Vírus Humanos, verrugas são pequenos crescimentos da camada superior da pele, geralmente indolores e inofensivas. Além de terem diferentes formatos e tamanhos, elas também podem surgir em qualquer parte do corpo.

Espalhadas pelo corpo

As verrugas podem ser transmitidas de uma pessoa para a outra por meio do toque e, além disso, também podem se espalhar pelo próprio corpo do paciente.

"Verrugas são contagiosas pelo contato direto da lesão com a pele ou mucosa do próprio paciente e de outra pessoa. Também podem ser adquiridas em locais públicos, através de objetos contaminados, pisos de piscinas, vestiários ou outros locais com os quais pessoas que têm verrugas tiveram contato", explica a dermatologista da Universidade de São Paulo Natalia Cymrot, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Alguns tipos de verrugas têm relação com a área do corpo onde aparecem, como por exemplo as verrugas plantares e anogenitais, mas há alguns tipos, como as verrugas vulgares, planas e filiformes, que podem aparecer em qualquer região do corpo.

"O vírus HPV inocula e penetra em qualquer área da pele, incluindo as mucosas. Portanto, as verrugas podem se desenvolver em qualquer área do corpo", explica a dermatologista Meire Brasil Parada, da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Além do tipo de vírus, a localização da verruga no corpo também pode influenciar na sua forma e superfície. "Dependendo do local do corpo em que a verruga ocorre, ela pode se apresentar de maneira diferente. A nossa pele tem muita queratina. Nos locais onde há mais queratina, as verrugas serão naturalmente mais grossas, que é o aspecto mais comum. Quando elas ocorrem na mucosa, nós temos verrugas com superfície irregular, mas mais finas do que na pele normal", afirma Márcio.

Onde as verrugas podem aparecer

De acordo com o lugar em que ocorrem e com o tipo de vírus que as causa, as verrugas podem ter nomes diferentes. "Existem tipos diferentes de HPV, que é o vírus causador das verrugas, que vão acometer e infectar áreas diferentes do corpo. Você pode ter qualquer tipo de verruga em qualquer área do corpo, apesar de alguns tipos serem mais comuns em determinadas áreas", afirma Márcio.

Mão, joelho e cotovelo

As áreas mais expostas do corpo e de maior atrito, como mãos, joelhos e cotovelos, são propícias para o aparecimento das verrugas vulgares ou comuns. Elas são o tipo mais comum da doença e têm aspecto arredondado e áspero, com coloração semelhante ao restante da pele. Mas é importante saber que, apesar de comum em mãos, joelhos e cotovelos, as verrugas vulgares podem aparecer em qualquer área do corpo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

"Em crianças, é muito comum o aparecimento de verrugas vulgares na ponta dos dedos", alerta Meire.

Sola do pé e palma da mão

A sola dos pés é o lugar mais comum para o surgimento das verrugas plantares, que recebem esse nome justamente por causa do local do corpo que costuma aparecer. Elas também podem surgir nas palmas das mãos.

Com aspecto áspero e acinzentado, são profundas e mais difíceis de tratar. "As verrugas plantares, que nascem nas plantas dos pés, e, às vezes, nas palmas das mãos, normalmente crescem para dentro, por conta da pressão no local acometido. Muitas vezes, essas verrugas são doloridas porque, com as pisadas dos pés, a lesão é pressionada e pelo fato das mãos estarem sempre em contato com outras superfícies", explica Márcio.

Rosto

As chamadas verrugas planas são mais achatadas e amareladas que as vulgares, e na maioria das vezes, são múltiplas. Elas podem aparecer em qualquer área do corpo, mas são mais comuns no rosto. "As verrugas planas são pequenas, com elevação quase imperceptível", diz Meire.

Rosto, pescoço e pálpebras

Bem fininhas, as verrugas filiformes se parecem com um fio ou uma cobrinha, e são mais comuns em pessoas mais velhas ou com imunidade baixa. Costumam acometer principalmente o rosto, o pescoço e as pálpebras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

"Normalmente, quando aparecem no rosto, as verrugas são mais filiformes porque a pele do rosto tem menos queratina. Por isso, a tendência é que as verrugas nessa região sejam menores e mais finas", esclarece Márcio.

Unhas

As verrugas periungueais e subungueais surgem respectivamente no entorno das unhas e sob as unhas. Elas têm o mesmo aspecto das verrugas vulgares e só são denominadas de forma diferente por conta da sua localização.

Região genital

Quando as verrugas ocorrem nas regiões genital, perianal, oral e na uretra normalmente estão associadas a DSTs e são chamadas de anogenitais. Esse tipo de verruga é a que precisa de maior atenção já que podem ser precursoras de tumores malignos, como câncer de útero e câncer de pênis.

"Quando as verrugas aparecem nas áreas anogenitais são mais difíceis de serem tratadas e mais perigosas, por conta do potencial oncogênico do HPV naquela região", alerta Meire.

As principais consequências

As verrugas podem ser benignas ou potencialmente malignas, porém sempre devem ser removida porque podem se espalhar pelo próprio corpo e também contaminar outras pessoas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

"Quando a verruga cresce e fica mais áspera, ela começa a roçar nas roupas, e o paciente pode começar a coçar, correndo o risco de infecção secundária, que é quando ela se espalha em outras partes do corpo", explica Márcio.

O dermatologista lembra que quando aparecem nas mãos, as verrugas apresentam um risco ainda maior de se espalharem, já que a manipulação da lesão aumenta o risco de contaminação.

As verrugas plantares também podem causar danos graves ao paciente, apesar de serem benignas. "A verruga plantar da sola do pé é uma das que podem ter consequências graves, caso não tratada corretamente. Isso porque quando ela começa a doer, o paciente tende a pisar errado para evitar a dor, o que pode causar consequências ruins até para a coluna. Você vai pisando errado ao invés de tratar e termina forçando os joelhos, as articulações e a coluna", esclarece Márcio.

A gravidade da lesão varia de acordo com o subtipo do vírus no caso das verrugas anogenitais. "As verrugas vulgares e planas, que aparecem na pele do corpo, geralmente são causadas por subtipos não perigosos do vírus HPV. No entanto, algumas verrugas genitais são causadas por subtipos oncogênicos, ou seja, que podem causar câncer", alerta Natalia.

A dermatologista também alerta para o risco de infecção das verrugas, dependendo de sua localização. "Quando o sistema imunológico tenta combater a verruga, ele provoca um grau de inflamação e a verruga pode coçar ou doer. Também pode ocorrer de a lesão acabar infeccionando por bactérias, principalmente quando for em uma região já bastante contaminada, como nas mucosas, na região próxima ao nariz e nos genitais, e quando a pessoa a manipula com as mãos", conclui.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.