Nova técnica recupera a visão de duas pessoas quase cegas

Médicos ingleses usaram células-tronco para tratar pacientes com degeneração macular (DMRI)

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 22/03/2018

"Agora eu consigo ler o jornal", é a primeira frase do inglês Douglas Waters, de 86 anos, à BBC inglesa. Waters não conseguia ver com o olho direito devido à degeneração macular, mas graças a um novo procedimento pioneiro com células-tronco, ele e outro paciente voltaram a ver melhor.

PUBLICIDADE

O que é degeneração macular?

Neste quadro a mácula, uma região pequena no fundo dos olhos, é danificada, o que impede tarefas como reconhecimento facial e leitura. Ela é muito comum com o avançar da idade (em um quadro chamado DMRI ou degeneração macular relacionada à idade).

Novo tratamento com células-tronco

No entanto, com essa nova possibilidade de tratamento, testada no Hospital de Olhos Moorfields, em Londres, e publicada na revista cietífica Nature Biotechnology, talvez o problema seja mais facilmente reversível.

Na técnica, as células-tronco embrionárias são convertidas no tipo especial de células de uma das camadas da retina (epitélio pigmentado e foram implantadas na parte de trás dos olhos de ambos os pacientes.

Mesmo com alguns indícios de rejeição logo após a cirurgia, após 12 meses do tratamento ambos os pacientes enxergavam bem. "Nos meses antes da cirurgia minha visão estava bem ruim e eu não conseguia ver quase nada com meu olho direito. Mas é brilhante o que esse time fez e me sinto muito sortudo por ter recebido minha visão de volta", conta Waters.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Ainda não é uma cura

No entanto os especialistas ainda não querem chamar esse procedimento de uma cura à DMRI. Oito outras pessoas passarão por este tratamento teste, para que os médicos possam entender que é realmente seguro. Mas a expectativa é que em até 5 anos a técnica comece a ser aplicada em todo o Reino Unido.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.