Balão gástrico ajustável de 1 ano: vantagens e desvantagens da técnica

Veja no que ele se difere do balão de 6 meses e quando é indicado

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 26/06/2018

Dr. Jimi Izaques Bifi Scarparo
Endoscopia - CRM 91960/SP
especialista minha vida

Há uns 5 anos surgiu no Brasil um novo balão gástrico de líquido, no entanto, com uma proposta diferente em relação aos balões já existentes no mercado brasileiro. Ele é capaz de ser ajustado e pode ficar no estômago por um ano.

PUBLICIDADE

Esse novo tipo de tratamento tem mesma proposta de tratamento multidisciplinar requerido, com nutricionista e psicólogo, atividades físicas e mudanças de hábitos alimentares, mas muda na condução médica do tratamento, já que além de permanecer mais tempo que os regulares, também pode ser ajustado durante o tratamento.

Vantagens do balão ajustável

Existem dois momentos cruciais no tratamento com o balão gástrico:

  • Nos primeiros dias após seu implante onde o paciente tem vários sintomas desagradáveis pelo volume do balão e sua presença
  • Mais ou menos com uns 3 a 4 meses quando sua adaptação já foi tão completa que o paciente se acostuma demais com ele e boa parte do seu efeito saciatório se perde.

É especialmente nestes dois momentos que o balão ajustável tem suas vantagens. Na primeira situação podemos proceder um reajuste para menos volume do que foi inserido inicialmente, já que sabemos que 3 a 5% dos pacientes não tolerarão a presença dele no estômago e quando a redução do volume é feita, existe boas chances do paciente tolera-lo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Na segunda situação, após 3 meses, o paciente pode até nem perceber mais sua presença já que a completa adaptação ocorreu. É por este motivo que 70% do que se perde no tratamento é logo nos 3 primeiros meses. Aí, nessa ocasião, o paciente comparece novamente ao médico para um reajuste para mais volume, aumentando o grau de saciedade e promovendo uma melhor perda até o final do tratamento, em média, 20% a mais do que se perderia se não tivesse ocorrido o reajuste.

Uma segunda característica, e não menos importante, é o fato de permanecer mais tempo. Isso propicia o paciente a promover melhor uma reeducação alimentar, a uma estabilização metabólica melhor do peso perdido, a diminuir as chances de reganho depois de sua retirada, já que fora provado que quanto mais tempo o balão permanecer no estômago, menores são essas chances. De fato, há uma tendência de todos os balões serem aprovados a permanecerem mais tempo. Creio que em pouco tempo não existirão balões de 6 meses ou menos.

Embora após o sexto mês é difícil promover perda de peso com o balão, ajustes podem serem feitos a qualquer tempo, mais de uma vez, a critério médico e até mesmo por desejo do paciente.

Sabemos que vários pacientes optam por colocar balão mais de uma vez. É bastante comum que os sintomas iniciais desagradáveis sejam muito mais intensos e duráveis na segunda vez que se implanta do que na primeira. Isso tem elevado o índice de retirada precoce no segundo balão. Portanto, sabendo disso de antemão, o balão de 1 ano ajustável assume especial indicação para esses pacientes, já que temos a possibilidade de manipulá-lo e diminuir seu volume, permitindo uma melhor adaptação do paciente, sem perder o dispositivo implantado.

Quais as diferenças desse balão para o comum?

O implante do balão gástrico de 1 ano difere muito pouco do balão de 6 meses. Ambos devem ser feitos sob sedação endoscópica, num procedimento rápido e bastante seguro, que leva em torno de 10 a 20 minutos, sem a necessidade de incisões ou internação. Em pouco tempo o paciente já pode retornar para casa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

A desvantagem principal deste balão é o custo final do tratamento, não somente porque o produto custa mais que o de 6 meses, mas também pela própria durabilidade do tratamento, que tem um ano, em que o paciente terá custos com medicamentos por esse período. Reajustes sucessivos também geram custos extras. Embora o índice de úlceras provocadas por esse balão seja muito pequeno, é maior que o balão de 6 meses, isso devido a presença da válvula de ajuste do balão, que é um apêndice do mesmo.

Em resumo...

O balão de um ano ajustável apresenta:

  • Duas grandes diferenças: o poder de ajustes e a permanência mais prolongada
  • Duas desvantagens: tem maior custo e tem índice maior de úlceras relacionadas ao balão, embora seja muito pequeno
  • Duas vantagens: a perda de peso é um pouco melhor se realizado o reajuste e favorece uma melhor reeducação alimentar com estabilização de perda de peso.

Embora este artigo trate especificamente sobre o balão de 1 ano, há que se lembrar que o paciente deve ser avaliado individualmente, ou seja, caso a caso. A indicação do balão tem que ser levada em consideração todo o quadro clínico, a história da obesidade dele, as doenças preexistentes, o biotipo do paciente, seu grau de obesidade, seu estilo de vida e sua própria vontade.

Seja como for, o balão é apenas uma ferramenta que auxilia na perda de peso e os melhores resultados, como qualquer outro balão, são obtidos quando utilizado em conjunto com um programa de dieta, exercícios físicos e modificação no comportamento alimentar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.