7 sinais de que você pode estar com endometriose

Doença é caracterizada pelo crescimento do endométrio em outras regiões do corpo

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 08/11/2018

Dr. Marco Aurelio Pinho de Oliveira
Ginecologia e Obstetrícia - CRM 52422-7/RJ
especialista minha vida

Apesar de afetar cerca de 6,5 milhões de mulheres no Brasil, a endometriose ainda é pouco conhecida pela população. Confira a seguir alguns sinais de que você pode estar com a doença.

PUBLICIDADE

1) Cólicas intensas no período menstrual

As cólicas menstruais intensas, por vezes incapacitantes, são o sintoma mais frequente da endometriose. As portadoras, em geral, sempre usam remédios para aplacar esse sintoma, mas o alívio não costuma ser total. Já entre as mulheres que têm a cólica "comum" - entre aspas porque sentir dor não deve nunca ser considerado normal - o uso de medicamentos não é frequente e a melhora costuma ser total. Outra diferença é que a dor da endometriose tende a aumentar com o passar dos anos.

2) Dores nas relações sexuais

Normalmente na parte mais profunda da vagina, em determinadas posições, e mais forte próximo ao período menstrual. Pode acontecer no momento em que o pênis entra em contato com a região afetada, após o término da atividade sexual ou durante o orgasmo. Há piora perto da menstruação.

3) Dificuldade para engravidar

Estima-se que a endometriose seja responsável por 40% a 50% dos casos de infertilidade feminina. O tratamento cirúrgico, por meio de laparoscopia ou robótica, permite a cerca de 60% das mulheres engravidarem naturalmente após o procedimento. Para as que não conseguirem, há ainda as opções da inseminação intrauterina e da fertilização in vitro (usualmente a mais indicada).

4) Dor ao evacuar durante o período menstrual

Pode acontecer quando a endometriose afeta o intestino. Além disso, pode haver sangramento no reto durante a evacuação, distensão abdominal (aumento da barriga por excesso de gases), intestino acelerado e diarreia. Não é incomum mulheres com endometriose no intestino serem erroneamente diagnosticadas com síndrome do cólon irritável, que causa sintomas semelhantes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

5) Dor ao urinar no período menstrual

Mulheres com endometriose na bexiga podem queixar-se de dor para urinar e achar que tem cistite de repetição, mesmo sem ter nenhuma infecção, ou seja, sem a presença de bactérias na urina. Além disso, se houver foco de endometriose nos paramétrios - ligamentos fortes que prendem o útero ao osso da bacia -, existe a possibilidade de os nervos que ajudam a contrair a musculatura da bexiga serem afetados a e a mulher ter dificuldade para esvaziá-la.

6) Dor na lombar e na perna durante o período menstrual

É muito comum mulheres com endometriose procurarem ortopedistas antes de serem diagnosticadas com a doença. A dor na lombar acontece quando a enfermidade acomete as terminações nervosas do ligamento uterossacro, tecido que vai do colo do útero até o osso sacro, na parte posterior da pelve (bacia).

7) Dor no ombro direito durante o período menstrual

É pouco comum, mas vale o alerta. Se os focos de endometriose atingirem o nervo frênico, no diafragma, pode haver dor no ombro direito ou na área do pescoço, especialmente durante a menstruação.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.