Como aumentar a disposição física?

Ingerir vitaminas do complexo B, dormir melhor e fazer exercícios físicos podem aumentar a energia e melhorar o humor

POR INFORME PUBLICITÁRIO - PUBLICADO EM 11/09/2019

A combinação de ingestão de nutrientes e vitaminas com bons hábitos físicos é crucial para o humor e a disposição no dia a dia. O responsável por essa conexão dentro do organismo é o metabolismo energético, uma rede complexa de reações químicas que convertem os alimentos em moléculas e em energia1.

PUBLICIDADE

Desta forma, manter hábitos saudáveis e uma alimentação balanceada, complementada por multivitamínicos quando necessário, é meio caminho andado para ter disposição física para encarar as tarefas do trabalho, da família e dos compromissos sociais. Confira, a seguir, três maneiras simples e acessíveis para turbinar sua energia e seu humor.

Consumir vitaminas do complexo B

Quando se fala em "vitamina B" não se trata apenas de uma, mas de um complexo composto por oito vitaminas diferentes. Todas têm o papel de transformar os alimentos em energia no organismo, e cada uma carrega suas particularidades. Veja as principais a seguir7:

  • Vitamina B1 (tiamina): é essencial para o sistema neurológico, coração e para o metabolismo de carboidratos
  • Vitamina B2 (riboflavina): essencial para metabolismo energético e para metabolismo e transporte de ferro no organismo
  • Vitamina B3 (niacina): necessária para metabolismo energético e sistema neurológico. Contribui também para a saúde de pele e mucosas
  • Vitamina B5 (ácido pantotênico): necessária para o metabolismo lipídico, agindo na liberação de energia a partir dos carboidratos
  • Vitamina B6 (piridoxina): necessária para metabolismo proteico, transporte e metabolismo de ferro e manutenção da hemoglobina
  • Vitamina B7 (biotina): contribui para o metabolismo energético e lipídico.

Alguns dos alimentos ricos em vitaminas do complexo B são abacate, carne vermelha, vegetais verde-escuros, cogumelos, oleaginosas, leite e seus derivados2. Quando não é possível consumi-los com a frequência necessária, uma boa alternativa para o aporte das vitaminas do complexo B são os suplementos multivitamínicos, como Pharmaton Complex, que trazem um combinado de todas elas e auxiliam no metabolismo energético7 para garantir o pique cotidiano sem impactar em ganho de peso.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Cuidar da qualidade do sono

Noites bem dormidas - e isso inclui tanto a quantidade de horas de sono quanto a qualidade dele em função das condições gerais saúde - são essenciais para manter a disposição física.

No que diz respeito às horas dormidas, não existe um número uniforme de tempo necessário de sono: os "curto-dormidores" precisam de cerca de seis horas, os "longo-dormidores", de nove e os "indiferentes", de oito horas. Respeitar o próprio organismo ajuda a melhorar a disposição, a concentração e memória, além de reduzir o risco de doenças3.

Exercitar-se - de preferência ao ar livre

Iniciar um exercício físico pode ser a última coisa que uma pessoa com baixa disposição queira fazer, mas acredite: este é o melhor estimulante para a produção de energia. No nível celular, quando os músculos iniciam qualquer atividade física, são formadas unidades de produção de energia que estimulam a continuidade do novo hábito5.

O oxigênio passa a circular melhor no sangue, o que aumenta a disposição geral e beneficia o funcionamento cardíaco. Os hormônios do estresse, como o cortisol, são controlados e param de "sugar" energia, ao mesmo tempo em que os hormônios do prazer e do vigor, como endorfina e adrenalina, são produzidos e dão um ânimo extra. E mexer o corpo também ajuda a regular o sono5.

Se a atividade física puder ser feita ao ar livre, melhor ainda. Estudos realizados ao longo dos anos já chegaram a um consenso: em comparação com a malhação feita em ambientes fechados, aquela praticada sem paredes ao redor é associada a uma maior sensação de revitalização, mais energia e mais chances de manter o hábito, além de menos tensão, confusão, raiva e depressão6.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Referências:

1. USP (Universidade de São Paulo). Livro de professora do IQ descomplica alimentação e metabolismo para leigos. Disponível em: https://www5.usp.br/102161/livro-de-professora-do-iq-descomplica-alimentacao-e-metabolismo-para-leigos/

2. Berry, Jennifer para Medical News Today. Benefits and uses of B-complex vitamins. Disponível em: https://www.medicalnewstoday.com/articles/324856.php

3. Cerazi, Bruno G. De A. para Albert Einstein - Sociedade Beneficente Israelita Brasileira. Sono: Aliado da atividade física. Disponível em: https://www.einstein.br/noticias/noticia/sono-aliado-atividade-fisica

4. ABN (Academia Brasileira de Neurologia). O Sono - Distúrbios em Adultos. Disponível em: http://www.cadastro.abneuro.org/site/publico_sono.asp

5. Komaroff, Anthony L. et al. para Harvard Health Publishing (Harvard Medical School). Boosting your energy - aba Excerpt. Disponível em: https://www.health.harvard.edu/special-health-reports/Boosting-Your-Energy

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

6. Coon, J. Thompson et al. Does Participating in Physical Activity in Outdoor Natural Environments Have a Greater Effect on Physical and Mental Wellbeing than Physical Activity Indoors? A Systematic Review. Disponível em: https://pubs.acs.org/doi/10.1021/es102947t#

7 - VANNUCCHI, V.; CUNHA, C.F.S. Vitaminas do Complexo B: Tiamina, Riboflavina, Niacina, Piridoxina, Biotina e Ácido Pantotênico. Série de Publicações ILSI Brasil, 2009. Disponível em: http://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/09-Complexo-B.pdf

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.