Novos testes para diagnosticar câncer de cólon

Pesquisadores acreditam poder identificar o tumor por meio de genes específicos

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 25/09/2009

Cientistas alemães e belgas desenvolveram novos testes para realizar o diagnóstico do câncer de cólon. Os testes buscam rastros genéticos de um possível crescimento do tumor, além de poder identificar se há a possibilidade de que o câncer se espalhe. A novidade é que são mais simples, mais baratos e ainda conferem um procedimento mais agradável ao paciente.

Os testes foram feitos com quase 900 pacientes que possuíam ou não o tumor (alguns haviam sido submetidos à cirurgia para retirada do cancro colo-retal e outros que foram submetidos à colonoscopia). Os genes identificados como aqueles que estavam ligados ao crescimento do tumor foram o SYNE1 e o FOXE1. Segundo os pesquisadores, os genes foram encontrados em alta frequência em pacientes com o tumor, enquanto houve pouca frequência dos genes naqueles que não possuíam o tumor

Os exames mais comuns para diagnosticar o câncer de cólon são a colonoscopia, a retosigmoidoscopia e o enema opaco, testes incômodos para o paciente, onde há a introdução de um aparelho pelo ânus para a monitoração do cólon e reto. A detecção de um provável câncer por meio de amostras de sangue poupa o paciente de, num primeiro momento, ter de fazer testes como a colonoscopia.

O câncer é a segunda maior causa de mortes no mundo. "De acordo com a Organização Mundial da Saúde, serão 9 milhões de óbitos em 2015", descreve o oncologista Murilo Buso, diretor do Centro de Câncer de Brasília (Cettro).No Brasil, o câncer colo-retal está em terceiro lugar entre as causas mais comuns de morte por câncer. Grande parte dos casos de surgimento do tumor são de indivíduos entre 50 e 70 anos.

PUBLICIDADE

Fatores de risco e prevenção

Ingerir grande quantidade de gordura, carne e pouco e cálcio estão entre os fatores que podem impulsionar o aparecimento do câncer de cólon. Também estão entre eles, a obesidade, o sedentarismo e o consumo exagerado de bebidas alcoólicas. Frutas, vegetais e fibras auxiliam na prevenção da doença, além da importância de serem feitos os exames para que haja um diagnóstico precoce da doença.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.