Medicamento de alto custo para tratamento de câncer de mama será oferecido pelo SUS

Droga Trastuzumabe beneficiará cerca de 20% das mulheres com a doença

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 26/07/2012

Segundo o Ministério da Saúde, o medicamento Trastuzumabe, um dos mais eficientes no combate ao câncer de mama, será incorporado ao Sistema Único de Saúde (SUS) nos próximos seis meses, como parte do Plano Nacional de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Colo do Útero e de Mama.

PUBLICIDADE

O tratamento, que custa cerca de sete mil reais por mês, é usado na rede privada e em hospitais públicos de alguns estados, como o de São Paulo. Agora, o objetivo é que este remédio esteja ao alcance de toda a população. A previsão é de que a ação exija um investimento de 130 milhões de reais por ano pelo governo.

De acordo com especialistas, o Trastuzumabe age tanto no pós-operatório quanto nos casos em que houve metástase, ou seja, quando a doença se espalhou pelo corpo. Visto que estimativas do Ministério apontam para mais de 52,6 mil novos casos da doença entre este ano e 2013, o remédio auxiliaria mais de 10.000 pessoas.

Em 2010, ocorreram 12.812 mortes por causa do câncer de mama. Este tipo é o mais frequente na mulher brasileira e é resultado do desenvolvimento anormal de células da mama que se multiplicam até formar um tumor maligno. Saiba mais sobre a doença clicando no vídeo abaixo:

Tratamento do câncer: atente a essas dicas de nutrição

Câncer de mama: saiba como os nódulos malignos se formam

Durante o tratamento contra o câncer, seja por quimioterapia, radioterapia ou hormonoterapia, o paciente pode sofrer alguns efeitos colaterais que afetam sua alimentação. Veja o que especialistas recomendam para que nenhum nutriente fique faltando na dieta.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Gosto dos alimentos
O tratamento do câncer pode afetar o paladar do paciente, diminuindo sua salivação e a percepção dos sabores. Por isso, enxague a boca com água ou chá de camomila antes das refeições e invista em alimentos ácidos para realçar o paladar.

Nutricionista
O acompanhamento profissional da dieta também é fundamental para o paciente em tratamento contra o câncer. Isso porque o risco de desnutrição, especialmente naqueles que sofrem náuseas, vômitos e enjoos.

Suplementação
Em alguns casos, a suplementação pode ser uma maneira eficaz de manter a dieta equilibrada. A doença eleva o consumo de energia pelo corpo, aumentando a necessidade de uma dieta reforçada. Mas lembre-se: suplementos devem ser usados apenas se recomendados por um profissional.

Refeições fracionadas
Comer muito de uma só vez pode aumentar o risco de náusea do paciente em tratamento. Recomenda-se, portanto, fracionar as refeições, comer devagar e mastigar bem os alimentos. Isso ajuda a melhorar o apetite e reduzir o enjoo.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.