Níveis de testosterona limítrofes em homens são associados à depressão

Estudo também encontrou relação entre baixos níveis de testosterona e obesidade

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 02/07/2015

Pesquisadores da Universidade George Washington, de Washington nos Estados Unidos, descobriram que homens com níveis de testosterona limítrofe têm mais chances de ter depressão ou sintomas de depressão do que a população em geral.

PUBLICIDADE

O estudo foi publicado na revista científica Journal of Sexual Medicine e contou com a participação de 200 homens adultos com idades entre 20 e 77 anos, com a idade média de 48 anos. Todos os voluntários possuíam níveis de testosterona limítrofe.

Depressão ou sintomas de depressão foram observados em 56% dos voluntários. Além disso, um quarto destes homens estavam tomando antidepressivos. No grupo de voluntários também haviam mais homens com obesidade e a prática de exercícios era menor do que na população geral.

Os pesquisadores concluíram que os médicos deveriam considerar diagnósticos de depressão, sintomas depressivos e fatores de estilo de vida na hora do atendimento à pacientes que sofrem com hipogonadismo.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.