Primeira criança com transplante duplo de mãos já se alimenta sozinha

O menino de 10 anos superou as rejeições do organismo e apresenta evoluções novas a cada dia

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 19/07/2017

zion - Foto: Divulgação
Zion apresenta melhoras a cada dia

O pequeno Zion Harvey, de 10 anos, foi a primeira criança a receber um transplante de mãos duplo. A complicada cirurgia aconteceu em 2015, quando ele tinha apenas 8 anos, e durou mais de 10 horas. Hoje, os médicos e a família comemoram a evolução da recuperação dele, que segue apresentando melhoras, de acordo com um artigo publicado no periódico The Lancet Child & Adolescent Health.

PUBLICIDADE

Os médicos afirmam que o menino já é capaz de se alimentar sozinho, trocar de roupa, escrever e até mesmo brincar com um taco de baseball, uma de suas vitórias mais recentes. Para chegar a este resultado, ele batalhou muito: o corpo de Zion quase rejeitou as mãos durante oito episódios diferentes, mas os médicos controlaram o problema com remédios, e ele passou por muitos meses de terapia ocupacional e psicológica.

"Nosso estudo mostra que a cirurgia de transplante de mãos é possível quando cuidadosamente administrada e apoiada em um time de cirurgiões, especialistas em transplantes, terapeutas ocupacionais, equipes de reabilitação e psicólogos", afirma Sandra Amara, médica do Hospital Infantil da Filadélfia, onde foi feito o tratamento do menino.

Ainda quando era bebê, Zion passou por um transplante duplo de rins, que lhe causou sepse, uma infecção generalizada gravíssima. Como consequência, ele perdeu as mãos, as pernas abaixo dos joelhos e teve falência dos rins. Por dois anos ele fez diálises, até que recebeu um transplante de rim de sua mãe. Após quatro anos, foi a vez do transplante de mãos. Nas pernas ele usa próteses.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.