Ministério da Saúde amplia acesso ao contraceptivo DIU no SUS

O objetivo é facilitar o acesso ao DIU de cobre as mulheres, por isso passará a ser oferecido também em maternidades.

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 11/12/2017

O Ministério da Saúde ampliou o acesso ao DIU de cobre, método contraceptivo não hormonal, na rede pública de saúde. Antes, a possibilidade de adquirir o DIU era somente via Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A decisão foi publicada na quinta-feira (7) no Diário Oficial da União.

PUBLICIDADE

De acordo com o documento, o DIU de cobre terá disponibilização feita pelos estados, municípios e o Distrito Federal (DF) às maternidades integrantes do SUS, para "anticoncepção pós-parto ou pós-abortamento imediatas". O objetivo do ministério é facilitar o acesso do contraceptivo as mulheres, já podendo ter alta do hospital com o dispositivo inserido.

O DIU poderá ser implantado até 10 minutos após a saída da placenta, para diminuir as chances de rejeição, mas ficará disponível para a mulher por até 48 horas. Caso a inserção não seja feita nesse prazo, será preciso esperar 40 dias para realizar o procedimento, diz o ministério. No caso de aborto, o DIU deve ser colocado após a curetagem.

A resolução trata-se de uma política de incentivo ao uso do DIU, que é mais barato e tem maior duração (em torno de 10 anos de eficácia). Hoje, o método é menos difundido no Brasil, apesar de estar disponível na rede pública de saúde gratuitamente desde 2000. A pílula anticoncepcional costuma ser a primeira opção.

Segundo o Ministério, o método tem uma eficácia de 99,3%, e a pílula pode falhar em torno de 6% das vezes em função de esquecimentos ou de interação com outros medicamentos. O DIU é distribuído em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

O DIU é indicado para qualquer mulher maior de 14 anos e sexualmente ativa, que não tenha fatores de riscos para doenças inflamatórias pélvicas. De uma forma geral, quem opta por DIU são mulheres com filhos que desejam comodidade no método contraceptivo.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.