Após ignorar dor de cabeça, mulher descobre que estava com leucemia

Kate Stallard acreditava que os sinais dados pelo seu corpo estavam ligados ao estresse enfrentado durante o divórcio

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 29/08/2018

Foto: Divulgação/DailyMail
Após ignorar dor de cabeça, mulher descobre que estava com leucemia

Quando algo não está certo em nossa saúde, o corpo começa a dar sinais de alerta. Por isso, é preciso estar sempre atento à pequenas alterações, pois uma simples mudança no organismo pode mudar completamente a vida de uma pessoa.

PUBLICIDADE

Foi exatamente o que aconteceu com Kate Stallard, 32 anos, que após enfrentar um divórcio difícil decidiu ignorar as fortes dores de cabeça e exaustão, isso porque achava que se tratava apenas do estresse.

Contudo, após desmaiar no meio na noite, ela decidiu procurar ajuda médica. Kate foi diagnosticada com leucemia promielocítica e recebeu uma notícia devastadora: a doença tinha enfraquecido tanto seu sistema imunológico, que ela acabou desenvolvendo uma sepse e morreria em apenas 48 horas se não começasse a quimioterapia imediatamente.

Em entrevista ao DailyMail, a mulher explicou que para se manter positiva estava praticando exercícios físicos, mas que nada tirava o cansaço dela. "Eu também comecei a ter muitas dores de cabeça e conseguia ouvir o meu batimento cardíaco. Estava malhando bastante, mas estava tão cansada que não conseguia ficar mais saudável, independente do meu treino", revelou.

A condição era tão severa que Kate não teve tempo de congelar seus óvulos antes de iniciar o tratamento, o que a deixou infértil, forçando-a a desistir de suas esperanças de ser mãe.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

"Eles me contaram que o tipo de quimioterapia que eu estava recebendo afetaria minha fertilidade e eu questionei se podia congelar os meus óvulos, mas os médicos disseram que o processo demoraria algumas semanas e que eu não sobreviveria. Foi devastador!", disse.

Depois enfrentar seis sessões de quimioterapia que a deixaram internada por seis semanas, Kate recebeu uma boa notícia: ela estava em remissão. No entanto, a felicidade da mulher durou pouco. Já que alguns dias depois ela descobriu que o câncer tinha voltado e desta vez atacando seu sistema nervoso central. Então, ela precisou se submeter a mais de 17 semanas de quimioterapia.

Apesar de estar feliz e livre do câncer, a mulher lamenta o fato de não poder mais ter filhos e usa sua história para fazer um alerta sobre os sintomas da leucemia.

Desde agosto de 2017, Kate está em remissão e precisa fazer exames a cada três meses. "Se você está experimentando algo que fuja do normal, algo que não parece certo ? seja falta de ar, hematomas inexplicáveis, sudoreses noturnas, sangramentos ou infecções persistentes, não tenha medo de ser honesto com o seu médico e pedir por um exame de sangue!", alerta a mulher.

O que é Leucemia?

A leucemia é uma doença maligna dos glóbulos brancos (leucócitos) de origem, na maioria das vezes, não conhecida. Ela tem como principal característica o acúmulo de células jovens (blásticas) anormais na medula óssea, que substituem as células sanguíneas normais. No Brasil, atualmente a leucemia é o 9º câncer mais comum entre os homens e o 11º entre as mulheres. Veja aqui os tipos, tratamento e como prevenir a leucemia!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)
Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.