Lutando contra o câncer, Beto Barbosa lamenta anos de vício em cigarro

?Pena que não acreditei nos seus efeitos nocivos e, por muitos anos, envenenei meu corpo?, revelou o cantor em postagem nas redes sociais.

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 29/08/2018

O cantor Beto Barbosa publicou uma mensagem no Instagram nesta quarta-feira (29), aproveitando o Dia Nacional de Combate ao Fumo, incentivar as pessoas a largarem o cigarro e lamentou os seus anos de vício em tabaco.

PUBLICIDADE

"Pena que não acreditei nos seus efeitos nocivos e, por muitos anos, envenenei meu corpo achando que seus efeitos psicológicos me acalmavam a cada café. Havia parado, mas os estragos se tornaram atômicos e reais", disse na postagem.

Além disso, o rei da lambada aproveitou a oportunidade para relembrar como foi a descoberta de câncer na bexiga e na próstata. De acordo com Beto, os sintomas começaram no ano passado, mas o diagnóstico só veio a acontecer neste ano.

"Errei também na escolha de quem me tratou por um ano em Fortaleza como se eu tivesse apenas infecção urinária e um ano para o câncer é uma vida que se vai se os 50% vencer os 50% de chances de cura. Agradeço mais uma vez a Deus e aos médicos do Einstein, doutor Longo e doutor Fernando Mafuf e sua equipe de médicos, psicólogos, dentistas e enfermeiros, para que eu possa neste momento suportar as químios e o tratamento de cura que já estou enfrentando", revelou.

O cantor contou também que tem lidado com positividade essa luta contra o câncer e espera que o tratamento correto o ajude a manter a agenda de shows.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

"Continuo suportando tudo com a felicidade mágica de Deus, sem reclamações por tantas mudanças inesperadas da noite para o dia. Graças a Deus, o câncer ainda não me roubou a vontade de viver e vencer a cada dia. A meta é continuar malhando o corpo e a mente todos os dias para que os shows de contrato aconteçam em nome de Deus, fãs, amigas, amigos, familiares e empresários que nos ajudam nestes 33 anos de carreira. Obrigado Brasil por tudo! Amo vocês! Bom dia. Deus sempre", completou.

No dia 26 de agosto, Beto anunciou por meio de sua rede social que tinha iniciado a quimioterapia para o tratamento do câncer. Saiba mais sobre essa notícia clicando aqui!

Escolha um método para deixar de fumar

Método de Parada Imediata: neste método você marca uma data em que deixará de fumar , independente do número de cigarros fumados diariamente. Quando chegar o dia escolhido, você não deverá ter cigarros, porque essa medida diminuirá os riscos de, diante de uma forte vontade de fumar, você acender o cigarro por tê-lo perto.

Parada Gradual: reduzindo o número de cigarros. Por exemplo: Um fumante de 30 cigarros por dia, no primeiro dia fuma os 30 cigarros usuais.

  • no segundo, 25
  • no terceiro, 20
  • no quarto, 15
  • no quinto, 10
  • no sexto, 5
  • O sétimo dia seria a data para deixar de fumar e o primeiro dia sem cigarros.
NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Retardando a hora do primeiro cigarro. Por exemplo: no primeiro dia você começa a fumar às 9 horas.

  • no segundo às 11 horas
  • no terceiro às 13 horas
  • no quarto às 15 horas
  • no quinto às 17 horas
  • no sexto às 19 horas
  • no sétimo dia seria a data para deixar de fumar e o primeiro dia sem cigarros.

A estratégia gradual não deve durar mais de duas semanas, pois pode se tornar uma forma de adiar, e não de parar de fumar. O mais importante é marcar uma data para que seja seu primeiro dia de ex-fumante. Lembre-se também que fumar cigarros de baixos teores não é uma boa alternativa. Todos os tipos de derivados do tabaco (cigarros, charutos, cachimbos, cigarros de Bali, cigarrilhas, narguilé, cigarro eletrônico, etc) fazem mal à saúde.

Caso não consiga parar de fumar sozinho, procure tratamento especializado, que poderá ser na rede do SUS. Cuidado com métodos para deixar de fumar que podem trazer malefícios à saúde.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.