Mulher morre após anunciar que teria poucos dias de vida e deixa livro de lembranças para filho

Rachael Bland, apresentadora da BBC, deixou cartas, fotos e gravações de áudio para o filho de três anos

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 05/09/2018

A apresentadora da BBC, Rachael Bland, 40 anos, anunciou na segunda-feira (03) que teria poucos dias de vida por causa de seu diagnóstico de câncer de mama. A jornalista faleceu dois dias depois do comunicado feito através do Twitter, e deixou um arquivo de lembranças para o filho, Freddie, de 3 anos.

PUBLICIDADE

"Nossa linda e corajosa Rachael morreu pacificamente na manhã de hoje cercada pela família. Estamos destruídos, mas ela gostaria de agradecer a todos que tiveram interesse na história dela e enviaram mensagens de apoio. Vocês jamais compreenderão o que representava para ela", divulgou o marido de Bland em rede social.

A inglesa deixou gravações de áudio, fotos e cartas escritas à mão para que o filho se lembre dela de alguma forma. Além disso, ela escreveu um livro intitulado "For Freddie" e separou até mesmo seu perfume. Antes de partir, Bland se certificou de deixar todos os presentes para os próximos aniversários do filho, até que ele complete 21 anos.

Foto: @bigclittleme/Instagram
Mulher morre após anunciar que teria poucos dias de vida e deixa livro de lembranças para filho

Rachael Bland foi diagnosticada com câncer de mama em 2016 após encontrar um nódulo debaixo do braço. Em seguida, passou por tratamento da doença com quimioterapia e radioterapia e foi operada no início de 2018. Em maio, foi informada que a doença era incurável.

A apresentadora contou ao site HuffPost UK sobre a luta de receber um diagnóstico terminal com um filho tão jovem. "O principal é que, enquanto ele é tão jovem, eu quero que ele se lembre de mim de alguma forma. Espero que o livro e esses presentes e anotações deixem uma marca do meu amor para o resto de sua vida. Então ele pode ter certeza do quanto eu o amo", relatou.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Antes da morte, ela havia sido alertada que o fígado e os rins estavam com o funcionamento seriamente prejudicado, o que reduziu sua expectativa de vida.

O que é câncer de mama?

O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Ocorre o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários. Esse é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

No geral, cerca de 30% dos casos de câncer de mama evoluem com metástase. A possibilidade de ocorrer metástase depende fundamentalmente de dois fatores: a extensão/volume da doença no momento do diagnóstico (tamanho do tumor e grau de comprometimento dos linfonodos) e também do subtipo do tumor (existem tumores mais agressivos que outros). Você sabia que as metástases mais comuns do câncer de mama são nos ossos, pulmão e fígado? Leia mais clicando aqui!

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.