Adolescente 'chora sangue' após contrair doença misteriosa em cruzeiro

A jovem acabou perdendo a visão por consequência da doença

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 04/01/2019

Já imaginou contrair uma misteriosa doença durante um cruzeiro com a família? Foi exatamente o que aconteceu com a adolescente Jordyn Walker, 15 anos, que inexplicavelmente teve seu rosto inchado e começou a 'chorar sangue'. As informações são do Go Fund Me, que está arrecadando dinheiro para as despesas médicas do tratamento.

PUBLICIDADE

O quadro assustador foi tão grave que na intenção de aliviar as dores da jovem, os médicos precisaram remover parte de ossos sob os olhos dela. O caso ocorreu em julho de 2017, mas desde então Jordyn teve que lidar com sequelas. Além disso, os especialistas não têm explicações sobre a doença.

Pouco antes do Natal de 2018, a americana do Missouri voltou às pressas a um hospital, por conta de novo sangramento nos olhos e um inchaço na cabeça.

Foto: Divulgação/Facebook
Adolescente 'chora sangue' após contrair doença misteriosa em cruzeiro

Para tratar a condição, os médicos tiveram que cortar as fendas dos olhos para separar as pálpebras e tentar abrir a cavidade ocular para reduzir o inchaço. Durante um período de 3 dias várias testes para analisar a visão da jovem, porém foi constatado que Jordyn Walker acabou perdendo a visão. Os médicos acreditam que o fluxo sanguíneo para o nervo óptico foi comprometido, danificando gravemente um nervo e destruindo completamente o outro.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

"É difícil aceitar que isso aconteça a alguém que esteja começando a vida", disse Kendyll Walker, mãe da paciente, à Fox4.

Apesar de não ter um diagnóstico esclarecido, os médicos acreditam que os sintomas sejam de algum tipo de distúrbio autoimune ou vasculite.

É importante se atentar aos sinais que o nosso corpo dá, pois ele pode estar nos avisando sobre algum problema de saúde. Caso note algo fora do comum, busque ajuda médica.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.