Sobe para 12 o número de mortes por sarampo em SP

Secretaria da Saúde confirmou mais três ocorrências fatais relacionadas ao sarampo; campanha nacional de vacinação está em vigor

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 10/10/2019

Na última quarta-feira (9), a Secretaria da Saúde de São Paulo confirmou mais três mortes por sarampo no Estado. Assim, as cidades paulistas já somam 12 óbitos pela doença desde agosto de 2019.

PUBLICIDADE

De acordo com o órgão, todas as novas vítimas pertenciam a cidades da Grande São Paulo. O que chama atenção é que a doença atingiu, mais uma vez, crianças que estão dentro do público-alvo da atual campanha de vacinação.

Agora, as vítimas do sarampo foram:

  • Uma bebê de dez meses sem registro da vacina, de Itapevi.
  • Um menino de um ano, de Francisco Morato.
  • Um homem de 53 anos, de Santo André.

Campanha nacional de vacinação

Metade dos falecimentos até agora foram de bebês. Para proteger este público, o Ministério da Saúde tem realizado, desde 7 de outubro, uma campanha nacional de vacinação contra o sarampo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Na primeira fase, que vai até dia 25 de outubro, será oferecida gratuitamente a vacina tríplice viral a crianças de 6 meses a 5 anos que ainda não foram imunizadas. A vacina previne o sarampo, a rubéola e a caxumba.

A segunda etapa, que acontece de 18 a 30 de novembro, consistirá na vacinação de jovens de 20 a 29 anos. O grupo poderá receber a vacina tríplice viral ou dupla viral (que combate sarampo e rubéola).

Excepcionalmente nos sábados de 19 de outubro e 30 de novembro, os postos de saúde estarão abertos para vacinar cidadãos nos chamados "Dia D". Na primeira data, serão imunizadas as crianças. Já no último dia de novembro, o foco será os jovens.

Onde se vacinar

As vacinas tríplice viral e a dupla viral estão disponíveis em milhares de postos de vacinação no Brasil. Elas são gratuitas e não apresentam riscos à saúde.

Confira o local mais próximo para se vacinar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Quem não pode tomar a vacina

Grupos que não têm indicação para receber a dose da vacina são:

  • Grávidas
  • Bebês menores de 6 meses
  • Pacientes com imunodeficiência

Transmissão do sarampo

O sarampo é uma doença extremamente contagiosa e causada por vírus. Portanto, sua transmissão pode ocorrer pela fala, tosse e espirro.

As complicações podem levar à morte, especialmente em pessoas com a imunidade baixa, bebês e crianças desnutridas.

Tudo sobre o sarampo

Entenda melhor sobre doses da vacina do sarampo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DESSA PUBLICIDADE ;)

Descubra se quem teve sarampo pode tomar a vacina

Veja como manchas podem identificar o sarampo

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.