1 pessoa perguntou:

É verdade que cirurgia para Câncer da Próstata causa incontinência urinária?

  • Respondido em 25/10/2018
    Dr. Valter Javaroni Urologia - CRM 52575160/RJ
    especialista minha vida
    Olá,

    A chamada prostatectomia radical pode sim afetar a continência urinária. Isso ocorre porque a musculatura do assoalho pélvico, a responsável pela formação do esfíncter urinário, pode ser danificada no momento da cirurgia. Nesse caso, o paciente perde urina continuamente ou quando muda de posição ou faz algum esforço. Depende do grau de incontinência.

    Usualmente esta incontinência é transitória e melhora com o tempo. A fisioterapia pélvica tem conseguido acelerar essa recuperação. A maioria dos pacientes já se encontra com a continência restabelecida após um ano do procedimento.

    A evolução das técnicas cirúrgicas (inclusive com a chegada do robô) têm reduzido a ocorrência de incontinência, mas o cirurgião precisa esclarecer esses riscos de forma a preparar o homem que está enfrentando o câncer da próstata para essa que é uma das piores sequelas da cirurgia. A perda involuntária de urina costuma ter um enorme impacto na qualidade de vida.