Dor nas costas: tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Dor nas costas?

A dor nas costas é um sintoma que está entre as queixas mais comuns do dia a dia da população. Estima-se que todas as pessoas terão pelo menos um episódio de dor nas costas na vida. Esta dor pode ser leve ou intensa, rápida ou constante. Existem várias causas, fatores de risco e formas de prevenção para a dor nas costas.

PUBLICIDADE

A dor nas costas pode originar na coluna vertebral, músculos, nervos ou a partir de outras estruturas na região. Ela também pode ter origem em outros órgãos e se irradiar para as costas, como: cólica renal ou ovariana, infecções, infarto do miocárdio e outros problemas.

Tipos

Várias são as causas de dor na região lombar, torácica e cervical. Entre os principais tipos estão:

Dor nas costas no lado direito ou esquerdo

As dores de origem ortopédica nessa região podem ser hérnias, artrose e muscular, caso sejam agudas podem ser tratadas apenas com anti-inflamatórios, quando crônicas, exercícios como o pilates ou fisioterapia e RPG podem ser medidas importantes no tratamento. Os casos que não melhoram, algumas vezes, podem necessitar de tratamento cirúrgico.

Dor nas costas ao respirar

Na grande maioria das vezes são dores com causas musculares e quando duram mais de 15 dias muitas vezes estão associadas com um período de ansiedade ou angústia no momento. O uso de anti-inflamatórios e relaxantes musculares pode melhorar o quadro agudo. Porém pacientes que apresentam dores crônicas necessitam muitas vezes de acompanhamento psicológico ou psiquiátrico para tratar estes problemas. Uma doença comum de dar estes sintomas é a fibromialgia.

Dor nas costas na região dos rins

Na maioria das vezes pode ser cálculo renal, uma dor em cólica de grande intensidade que deve ser avaliado de forma emergencial e tratada por um urologista especialista no assunto.

Dor nas costas que irradia para as pernas

As dores que irradiam para as pernas são em decorrência das hérnias discais. O que dói não é a herniação do disco e simo fato de ele estar comprimindo o nervo ou a medula. Na maioria das vezes a dor irradia para face posterior da coxa (compressão do nervo ciático).

O tratamento inicial é conservador, sendo realizado uso de medicações anti-inflamatórias e analgésicas e saindo da fase aguda indicado fisioterapia e RPG para evitar futuras crises.

Dor nas costas que causam aperto no peito

Dor em aperto no peito sempre deve ser avaliado de forma emergencial por um clínico geral ou cardiologista pois pode ser uma doença de origem cardíaca ou um sintoma de uma doença psiquiátrica.

Causas

Entre as principais causas de dor nas costas estão:

Muitos distúrbios intra-abdominais também podem causar dor irradiada nas costas, entre eles:

Fatores de risco

Qualquer pessoa pode desenvolver dores nas costas, até mesmo crianças e adolescentes. Existem alguns fatores que podem colocá-lo em maior risco de desenvolver dor nas costas:

  • Idade: a dor nas costas é mais comum à medida que você envelhece, começando por volta dos 30 ou 40 anos
  • Falta de exercício: músculos fracos e não usados ??nas costas podem levar a dores nas costas
  • Excesso de peso: carregar peso demais causa estresse extra nas suas costas
  • Doenças: alguns tipos de artrite e câncer podem contribuir para a dor nas costas
  • Levantamento inadequado de objetos: usando suas costas em vez de suas pernas pode levar a dor nas costas
  • Condições psicológicas: pessoas propensas a depressão e ansiedade parecem ter um risco maior de dores nas costas
  • Fumar: isso pode impedir seu corpo de fornecer nutrientes suficientes para os discos nas costas.

Sintomas

Sintomas de Dor nas costas

Os principais sintomas de dor nas costas podem incluir:

  • Dor muscular
  • Dor aguda na região
  • Dor que irradia para perna
  • Flexibilidade limitada ou problemas nos movimentos das costas

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

É importante procurar ajuda médica para descobrir a causa da dor e seguir com o tratamento indicado pelo médico. Ao chegar à consulta, o médico fará uma série de perguntas sobre a área das costas que está doendo, seus hábitos alimentares, as atividades físicas que pratica, além de pedir informações sobre o seu trabalho e ritmo de sono.

PUBLICIDADE

Na consulta médica

Especialistas que podem diagnosticar a dor nas costas são:

  • Clínico geral
  • Ortopedista
  • Reumatologista

Estar preparado para a consulta pode facilitar o diagnóstico e otimizar o tempo. Dessa forma, você já pode chegar à consulta com algumas informações:

  • Uma lista com todos os sintomas e há quanto tempo eles apareceram
  • Histórico médico, incluindo outras condições que o paciente tenha e medicamentos ou suplementos que ele tome com regularidade
  • Se possível, peça para uma pessoa te acompanhar.

O médico provavelmente fará uma série de perguntas, tais como:

  • A sua dor é de apenas um lado ou ambos os lados?
  • Como é a dor que está sentido? É cortante, latejante, ela queima?
  • Esta é a primeira vez que teve dor nas costas?
  • Quando a dor começou? Ela começou de repente?
  • Você sofreu algum acidente recentemente?
  • O que você estava fazendo antes de iniciar a dor? Você estava levantando pesos? Estava sentado ou dirigindo?
  • Se você já teve dor nas costas antes, essa dor é semelhante ou diferente?
  • Você sabe a causa de episódios anteriores de dor nas costas?
  • Quanto tempo cada episódio de dor nas costas costuma durar?
  • Você sente a dor em qualquer lugar que não seja no quadril, coxa, perna ou pé?
  • Você tem alguma dormência ou formigamento?
  • Há qualquer fraqueza ou perda de função em sua perna ou em outro lugar?
  • O que piora a dor? Elevação, torção, em pé ou sentado por longos períodos de tempo?
  • O que faz você se sentir melhor?
  • Existem outros sintomas presentes? Perda de peso? Febre? Dificuldade de urinar? Mudança nos hábitos intestinais?

Também é importante levar suas dúvidas para a consulta por escrito, começando pela mais importante. Isso garante que você conseguirá respostas para todas as perguntas relevantes antes da consulta acabar. Para dor nas costas, algumas perguntas básicas incluem:

[object HTMLInputElement]

  • Qual é a causa mais provável da minha dor nas costas?
  • Preciso fazer testes para ter o diagnóstico certo?
  • Qual abordagem de tratamento você recomenda?
  • Se você está recomendando medicamentos, quais são os possíveis efeitos colaterais?
  • Eu tenho outras condições médicas. Como posso administrá-las melhor juntos?
  • Quanto tempo vou precisar de tratamento?
  • Quais medidas de autocuidado devo tentar?
  • O que posso fazer para evitar a recorrência de dores nas costas?

Não hesite em fazer outras perguntas, caso elas ocorram no momento da consulta.

Diagnóstico de Dor nas costas

Durante o exame físico, o seu médico irá tentar identificar a localização da dor e descobrir como isso afeta o seu movimento. Ele pode solicitar que você sente, levante ou caminhe. O seu médico pode pedir para você tentar andar na ponta dos pés e, em seguida, sobre os calcanhares. Também vai pedir para você levantar as pernas para cima, enquanto está deitado. Se a dor é pior quando você faz isso, você pode ter dor ciática, especialmente se você também sentir dormência ou formigamento em uma de suas pernas.

Seu médico também vai mover suas pernas em diferentes posições, incluindo dobrar e esticar os joelhos. Ao mesmo tempo, o médico está avaliando sua força, bem como a sua capacidade de se mover.

Para testar a função do nervo, o médico irá usar um equipamento para verificar os seus reflexos. Também irá tocar suas pernas em muitos locais, com um pino, haste flexível (cotonete) ou outros objetos para testar o seu sistema nervoso sensorial. O seu médico irá perguntar se há áreas onde a sensação do pino, algodão, ou de penas incomoda.

O seu médico provavelmente não irá pedir todos os exames durante a primeira consulta. No entanto, se você tiver algum dos sintomas ou circunstâncias abaixo, ele pode pedir exames de imagem mesmo nesta primeira consulta:

  • Dor que já dura mais de um mês
  • Tontura
  • Fraqueza muscular
  • Acidente ou lesão
  • Febre
  • Se você tiver mais de 65 anos
  • Se você já teve câncer ou têm um forte histórico familiar de câncer
  • Perda de peso não intencional.

Nestes casos, o médico está à procura de um tumor, infecção, fratura ou desordem nervosa grave. Os sintomas acima são indícios de que uma destas condições podem estar presentes.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Dor nas costas

O tratamento para dor nas costas vai depender da causa desse problema e só poderá ser iniciado após o diagnóstico.

PUBLICIDADE

Medicamentos para Dor nas costas

Uma dor nas costas pode ter diversas causas, de modo que o tratamento varia de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Por isso, somente um especialista capacitado pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento.

Siga sempre à risca as orientações do seu médico e nunca se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Convivendo (prognóstico)

Dor nas costas tem cura?

Quando o paciente segue o tratamento indicado pelo médico tem uma completa resolução do quadro. Contudo, é possível que a dor nas costas volte a acontecer caso não exista ele seja exposto novamente aos fatores de risco. (2)

Cuidados

Como aliviar a dor nas costas?

Orienta-se ao paciente sempre a fazer repouso e se a dor não melhorar em 24 a 48 horas o ideal é procurar atendimento médico especializado. Caso a dor seja em aperto no peito, ou irradiando pelo braço esquerdo, sempre ir com brevidade a emergência descartar algum problema cardíaco.

Existe uma série de tratamentos alternativos pode aliviar os sintomas da dor nas costas. Sempre discuta os benefícios e riscos com seu médico antes de iniciar qualquer nova terapia alternativa. Entre esses tratamentos estão:

  • Acupuntura: para fazer acupuntura o profissional insere agulhas esterilizadas de aço inoxidável na pele em pontos específicos do corpo. Algumas pessoas com dor lombar relatam que a acupuntura ajuda a aliviar seus sintomas
  • Massagem: se sua dor nas costas é causada por músculos tensos ou sobrecarregados, a massagem pode ajudar
  • Yoga: existem vários tipos de yoga, uma disciplina ampla que envolve a prática de posturas ou posições específicas, exercícios de respiração e técnicas de relaxamento. O yoga pode alongar e fortalecer os músculos e melhorar a postura, embora você possa precisar modificar algumas poses se elas agravar seus sintomas.

Prevenção

Prevenção

Siga os seguintes cuidados para prevenir a dor nas costas:

  • Se um objeto é muito pesado, procure ajuda
  • Afaste seus pés para conseguir uma ampla base de apoio
  • Fique o mais próximo possível do objeto que você está tentando levantar
  • Dobre em seus joelhos, e não sua cintura
  • Contraia os músculos da barriga se você for levantar o objeto ou abaixá-lo
  • Levante-se usando os músculos das pernas
  • Evite ficar em pé por longos períodos de tempo. Se for necessário para o seu trabalho, tente usar um banquinho. Alterne descansando cada pé sobre ele
  • Não abuse dos saltos altos
  • No trabalho, especialmente se estiver usando um computador, certifique-se que sua cadeira tem as costas retas, com assento ajustável, apoios de braços e seja giratória. Use um banquinho em baixo de seus pés, de modo que seus joelhos não fiquem mais altos ou baixos que seus quadris
  • Se você dirigir uma longa distância, a cada duas horas pare, desça, se alongue e ande por três a cinco minutos antes de seguir viagem. Traga o seu lugar o mais à frente possível, para evitar flexão.

O exercício é importante para a prevenção de dores nas costas no futuro. Através do exercício, você pode:

  • Melhorar a sua postura, ter uma reeducação postural
  • Fortalecer as costas e melhorar a flexibilidade
  • Perder peso.

Fontes e referências

  • Revisado por: Celio Roberto Gonçalves, reumatologista, presidente da Comissão de Espondiloartrites, da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), médico assistente doutor no HCFMUSP, na Disciplina de Reumatologia e Chefe da Unidade Ambulatorial de Espondiloartrite. É Mestre e Doutor em Reumatologia pela FMUSP - CRM: 20383/SP.
  • Renato Ueta, Ortopedista do departamento de Ortopedia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) - CRM: 111593/SP.
  • Flavio Fernandes Naves, Clínico geral, CRM: 133733/SP.
  • Gustavo Asmar, ortopedista, especialista em cirurgia vídeo astroscópica e trauma do esporte da All Clinik - 52793663 - RJ