Você cai nas pegadinhas do cigarro light?

Ele pode favorecer o número de tragadas e causar ainda mais males que a versão normal

POR CAMILLA ROLIM - PUBLICADO EM 29/08/2012

Os males relacionados ao tabaco são diversos: câncer, infarto, derrame cerebral, angina, elevação do colesterol ruim (LDL), gastrite, enfisema pulmonar, bronquite crônica, entre outros. Mas será que o cigarro light é tão nocivo para o organismo quanto a versão normal do cigarro? A resposta dos especialistas é categórica: sim. "Ao longo do tempo foi sendo possível observar outros males decorrentes desse tipo de fumo", alerta o pneumologista Paulo César Correa, da comissão de tabagismo da Sociedade Brasileira de Pneumologia. Um deles é a frequência das tragadas, que costuma ser muito maior. Os outros riscos do cigarro light você confere no teste a seguir:

1/8

O que significa o termo 'light' do cigarro?

2/8

Quantas substâncias químicas o cigarro light possui?

3/8

O uso do cigarro light está relacionado a um menor número de doenças.

4/8

Por ter menos alcatrão e nicotina, o cigarro light não causa dependência.

5/8

Quem fuma cigarro light traga mais profundamente.

6/8

O cigarro light é uma alternativa para quem quer parar de fumar.

7/8

No Brasil, os termos 'light' ou similares estão proibidos nas embalagens de cigarro.

8/8

Por ser mais leve, é um cigarro que pode ser consumido durante a gravidez.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.