Xarope para tosse: você sabe tomar corretamente?

Descubra se ele serve para todos os tipos de tosse e quais as contraindicações

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 04/05/2015

Ela incomoda, irrita e em alguns casos até cansa. A tosse, assim como a dor de garganta, é um alerta de que os pulmões não estão bem, indicando problemas como gripe, asma, bronquite e até tuberculose. Quando a tosse começa a ficar chata, atrapalhando o andamento da rotina, é comum recorrermos aos xaropes na esperança de que o incômodo acabe. A otorrinolaringologista Eliézia Alvarenga, do Hospital Samaritano de São Paulo, explica que os xaropes para tosse aliviam apenas o sintoma, sem tratar a causa do problema. "Por isso, antes de recorrer aos xaropes, é importante investigar a fundo o problema e, caso necessário, buscar tratamentos mais efetivos", afirma. Beber bastante água, por exemplo, ajuda a hidratar a garganta e os pulmões, diluindo o muco e diminuindo o catarro, excluindo a necessidade do xarope. Caso a tosse seja persistente, que dura por mais de três semanas, procure um médico para que ele receite o melhor tratamento. Ainda tem dúvidas sobre a forma correta de usar os xaropes? Os especialistas explicam:

1/10

Esses xaropes são indicados apenas para a tosse?

2/10

Os xaropes podem ser usados para qualquer tipo de tosse?

3/10

Eles podem ser tomados sem supervisão médica?

4/10

Eu posso tomar xarope só quando o sintoma aparece?

5/10

Entre os riscos de tomar xaropes em excesso estão:

6/10

Quando uma tosse é considerada anormal?

7/10

Posso tomar o xarope antes dos sintomas aparecerem?

8/10

Entre as contraindicações estão:

9/10

Xaropes caseiros são eficazes para a tosse?

10/10

Unguentos podem ser aliados do xarope no tratamento da tosse?